Cuba denuncia outra rede social dos EUA criada para desestabilizar governo

Cuba_Internet01

Além de ZunZuneo, agência norte-americana lançou outro programa de estímulo à dissidência na Ilha, chamado Piramideo.

Via Opera Mundi

Cuba informou na segunda-feira, dia 7, a existência de outro programa promovido pelos Estados Unidos em redes sociais para instigar a agitação política e a dissidência na Ilha chamado Piramideo. Na, financiado e gerido pela Usaid (Agência dos EUA para o Desenvolvimento Internacional), entidade responsável por financiar iniciativas ao redor do mundo.

Semelhante ao programa anterior, o Piramideo promovia a criação de uma rede de amigos, oferecendo-lhes a possibilidade de que uma pessoa enviasse a seus amigos um longo SMS no valor de uma única mensagem, explicou Hilda Arias, diretora do Etecsa (Centro de Serviços Móveis da Empresa de Telecomunicações de Cuba) ao jornal mexicano La Jornada.

Segundo Hilda Arias, o Piramideo tentava desviar recursos de Cuba e criar uma espécie de canal de comunicação entre grupos contrarrevolucionários. Ela ainda acrescentou que o sistema tentou enganar também trabalhadores e artistas da Ilha, oferecendo-lhes uma plataforma gratuita ou a de menor preço para promover seus serviços e obras.

A Usaid planejava entregar US$4,3 milhões a várias empresas subcontratadas para promover a instalação de redes sem fios subterrâneas. De acordo com o jornal, o intuito seria oferecer aos empreendedores tecnológicos o equipamento necessário para que criassem suas próprias redes e, posteriormente, enlaçá-las a outras redes no exterior. Na sexta-feira, dia 4, o Ministério das Relações Exteriores de Cuba pediu que Washington respeitasse o direito internacional e cessasse as “ações ilegais e secretas” contra a Ilha.

Costa Rica

Paralelamente, a Costa Rica declarou nesta segunda-feira que a Usaid também estabeleceu uma operação clandestina em seu país para causar agitação social em Cuba – atitude chamada pelo governo local de “grave insulto”. “É necessário investigar o caso Se isso for verdade, é uma afronta grave à Costa Rica. É claro que temos que pedir uma explicação”, disse o ministro de Comunicação, Carlos Roverssi, ao jornal La Nación.

O líder da missão era Joseph Duke McSpedon, empregado responsável do Escritório de Iniciativas de Transição da Usaid. Na Costa Rica, ele planejou o projeto e organizou o lançamento da rede social. Segundo registros de imigração obtidos pelo La Nación, McSpedon foi ao país em 42 ocasiões entre 2009 e 2011, a bordo de voos comerciais e privados. A missão dos EUA em San José (capital) se recusou a discutir o assunto.

***

Leia também:

EUA criaram conta no Twitter para tentar desestabilizar governo cubano

O dedinho de FHC, o porto de Cuba e as hidrelétricas do Aécio

Dilma Rousseff: Mais Médicos leva saúde a 46 milhões de pessoas

Cinco heróis cubanos: René Gonzalez é vítima de uma nova farsa política

Cuba aceita proposta da EU para abrir negociação do diálogo político

Eric Nepomuceno: Cuba e a renovação da Revolução

Mais Médicos supera meta e garante atendimento a mais de 51 milhões de brasileiros

Mais do que camisa verde-amarela, Lula leva a Fidel apoio do Brasil à Revolução

Justiça nega liminar à desertora do Programa Mais Médicos

Com Raul Castro, Lula visita Porto de Mariel e considera obra “referência” para o continente

Cinco heróis: Sai da prisão mais um antiterrorista cubano preso nos EUA

René Gonzalez, herói cubano: “Foi muito difícil deixar o país e ficar como traidor.”

Boa hora de a Dilma colocar em debate a democratização da mídia

Em Cuba, Lula e Raul Castro consolidam o projeto de integração latino-americana

Boato coxinha: Tornozeleira de preso não será usada em médicos cubanos, mas sim em médicos de Minas

Quem vê cubanos como escravos nunca se indignou com escravos de verdade

Mauro Santayana: Pearl Harbor e Mariel

Dilma e o porto em Cuba: A diferença entre jornalismo e discurso panfletário

PSDB diz que é escândalo emprestar dinheiro a Cuba. Esqueceram de perguntar por que FHC emprestou

Vídeo: O diretor da Fiesp e por que o Brasil está certo ao investir em Cuba

Por que investir em Cuba? E na África e na América Latina? Não é caridade ideológica, é negócio

Beto Almeida: O porto de Mariel, Brasil, Cuba e o socialismo

Em Cuba, Dilma agradece por Mais Médicos e diz que bloqueio é injusto

Embaixada dos EUA ajudou cubanos a deixar o Mais Médicos

Mais Médicos: Evasão de brasileiros é 20 vezes maior que a de cubanos

CFM quer que cubanos “escravos” não atendam doentes e sirvam cafezinho

Ronaldo Caiado é agente de Fidel?

Cadê o Gilmar Mendes: Médica cubana está em apartamento da Câmara e recebe vaquinha do DEM

Você sabia que os EUA têm um programa para fazer médicos cubanos desertarem?

Caiu a máscara: Médica cubana montou farsa para encontrar namorado em Miami

Cubana usa Caiado para ir morar em Miami com o namorado

Máfia de branco cria site contra Mais Médicos

O salto no IDH das cidades e o Programa Mais Médicos

Em 2013, Mais Médicos atendeu 2.177 municípios em todas as unidades da federação

Porque o médico Juan Delgado é o homem do ano de 2013

Se ainda tinha algum, Veja perde o pudor e prega vaia contra cubanos

Dilma: Mais 23 milhões de brasileiros terão acesso ao Programa Mais Médicos

Por isso eles são contra o Mais Médicos: Marajás de jaleco

Por que os médicos cubanos são tão queridos?

Mais Médicos: Padilha peita presidente do Conselho Federal de Medicina

Quem não está acostumado, estranha: Pacientes se assustam com visita de médico cubano em casa

Primeiro médico cubano chegou em 1995 no interior de São Paulo

Coxinha preso por só bater ponto fazia campanha contra o Mais Médicos

Mais Médicos: Eduardo Campos é acometido de amnésia súbita

Dilma sanciona Mais Médicos e entrega registro a médico cubano

Dilma pede desculpas em nosso nome, doutor Juan

Pesquisa CNT: 74% da população é favorável a vinda de médicos estrangeiros

Entenda por que os médicos cubanos não são escravos

Médicos cubanos recebem flores um dia após as agressões

Paulo Moreira Leite: Quando os corvos vestem branco

Médicos cubanos: Quem são os responsáveis pelo corredor polonês em Fortaleza?

Quem são e o que pensam os médicos cubanos

Janio de Freitas: A reação aos médicos cubanos é doentia

Preconceito: Jornalista diz que médicas cubanas parecem “empregadas domésticas”

Vídeo: O dia que os médicos brasileiros envergonharam o País

Dez informações sobre a saúde e a medicina em Cuba

Médicos cubanos: Como se desmonta uma farsa de jaleco

Médicos cubanos: Os primeiros já chegaram ao Brasil

Médicos de Cuba, bienvenidos camaradas!

Vinda de médicos cubanos reforça ódio ideológico ao PT

Mais de 70% dos médicos cubanos vão para o Norte e Nordeste

Mais Médicos: Alheias ao embate ideológico, pequenas cidades comemoram vinda de médicos cubanos

Paulo Moreira Leite: O extremismo dos doutores

Eliane Brum: Ser doutor é mais fácil do que se tornar médico

Breno Altman: Conservadorismo de branco é atraso

Médico que diz que estrangeiros são enganação tem dois filhos “importados” de Cuba

Programa Mais Médicos, o Bolsa Família da saúde

Queremos médicos suecos!

Carta para Micheline Borges, a jornalista preconceituosa

Ministério da Saúde chama de “xenofobia” protesto contra médicos no CE

Médicos brasileiros, o orgulho branco da nação

Recordar é viver: Quando FHC trouxe cubanos, Veja aplaudiu

Médicos cubanos: Avança a integração da América Latina

Coxinhas de branco: A vergonha da nação

Conheça o médico cearense que liderou os xingamentos contra os cubanos

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

3 Respostas to “Cuba denuncia outra rede social dos EUA criada para desestabilizar governo”

  1. Bene Nadal Says:

    A intromissão dos EUA em outros países, são como ervas daninhas, quanto mais a gente corta mais elas crescem… Tamos que liquidá-las de uma vez por tidas, expulsando seus responsáveis do país!!!

  2. Cuba denuncia outra rede social dos EUA criada para desestabilizar governo | EVS NOTÍCIAS. Says:

    […] See on limpinhoecheiroso.com […]

  3. Cuba denuncia outra rede social dos EUA criada ... Says:

    […] Além de ZunZuneo, agência norte-americana lançou outro programa de estímulo à dissidência na Ilha, chamado Piramideo. Via Opera Mundi Cuba informou na segunda-feira, dia 7, a existência de outro pr…  […]

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: