O truque do Valor para bater na Venezuela

Miguel do Rosário, via O Cafezinho

O Valor tem se caracterizado, como define um colega, como “PIG cheiroso”, porque, de fato, oferece uma linguagem muito mais sóbria que seus primos. Provavelmente porque seu público alvo são empresários; não os hommers simpsons vulgares e analfabetos políticos que, desgraçadamente, formam a maioria da classe média consumidora de textos de opinião.

De vez em quando, porém, o Valor precisa mostrar serviço, não ao leitor, mas a seus donos e os interesses aos quais estes servem, que vão muito além de míseras assinaturas de jornal.

Na quarta-feira de cinzas, por exemplo, a manchete do Valor era sobre um suposto calote da Venezuela.

Valor_Economico05032014Só que não.

Se você ler a matéria, ficará mais confuso do que informado. Primeiro porque todas as informações sobre dívidas foram dadas por fontes anônimas. Todas as fontes nominadas, ao contrário, contestam a informação.

A própria matéria é contraditória. Ela diz que a Venezuela tem US$20 bilhões em obras contratadas com empreiteiras brasileiras, e que um total de US$2 bilhões não pagos. Ora, 2 bilhões é 10% de 20 bilhões. Não há nenhum sinal de calote aqui.

A matéria diz que a maior parte da dívida é com a Odebrecht, principal empreiteira engajada em obras no país. Pois então, quando o repórter pergunta ao diretor administrativo da empresa, Claudio Daltro, ele respondeu o seguinte:

“O atraso no pagamento é normal no negócio de infraestrutura. Não tenho problema aqui que eu não tenha em outros lugares.”

Ou seja, a matéria é toda uma não-matéria. Falava de um calote que não se configura. De uma dívida perfeitamente natural diante dos valores envolvidos e em função do tipo de serviço oferecido, obras de infraestrutura que perduram por muitos anos.

O Valor fez uma matéria apenas tendenciosa, com objetivo de pintar o governo venezuelano como feio, bobo, mau e caloteiro. O artigo traz várias referências negativas sobre a economia venezuelana, omitindo-se de mencionar os profundos avanços sociais vividos pelo país.

***

Leia também:

Quando Hugo Chavez morreu

FHC quer ser o guru de todos os golpes

Analista alemã confirma: EUA manipulam “protestos” em todo mundo

Estudantes nas ruas apoiam a direita na Venezuela

Pedro Barros: “Mídia traz uma Venezuela caricata, completamente deslocada da realidade.”

Por que a Globo é contra o governo venezuelano

Quem está por trás dos protesto na Venezuela?

Passo a passo: O plano da Usaid para acabar com o governo de Hugo Chavez

A 3ª Guerra Mundial acontece na mídia e nas redes sociais

Os jovens, o Brasil e a Ucrânia

Mauro Santayana: A arquitetura da balcanização

A Venezuela e a força das redes sociais

Uma aula de Venezuela e uma dura na Globo, em plena Globo

Quem são os jovens venezuelanos?

Breno Altman: Hora de dizer a verdade para Clóvis Rossi

Como se constrói a encenação de “protestos” antigoverno na Venezuela

Venezuela: A guerra da (des)informação

EUA comandam protestos contra Nicolas Maduro

Venezuela e Brasil não podem retroceder

O coxinha Leopoldo Lopez, pau-mandado do EUA, quer dar golpe na Venezuela

O que querem os EUA numa Venezuela em transe?

Atos na Venezuela são manipulados com fotos falsas

Venezuela: Povo marcha pela paz; opositores pela violência

50 verdades sobre Hugo Chavez

50 verdades sobre Henrique Capriles

Hugo Chavez, presente!

Nasce Hugo Chavez, o mito

Hugo Rafael Chavez Frias (Sabaneta, 28/7/2954 – Caracas, 5/3/2013

Hugo Chavez: Morte produzida em laboratório

A hora e a vez de Hugo Chavez

“Viva Hugo Chavez! Viva para sempre.”

Atílio Borón: ¡Gloria al bravo Chavez! ¡Hasta la victoria, siempre, comandante!

Lula divulga vídeo falando de sua convivência com Hugo Chavez

Chavez fez a Venezuela deixar de ser um quintal dos EUA

Por que a Globo é contra os venezuelanos

Enterro de Chavez: A multidão vermelha faz história

Opositores de Chavez fogem de comparações, igual FHC foge de comparar seu governo ao de Lula

A morte de Chavez e o ódio do senador Aloysio

Lula no NYT sobre Chavez: “Se a figura pública morre sem deixar ideais, o legado chega ao fim.”

O povo idolatra Chavez e Veja vê herança maldita

Mauricio Dias: Água mole em pedra dura…

Em Washington, pobres viviam com ajuda da Venezuela

Morte de Chavez: “Época” e “Veja” entre facciosismo e demonização

Hugo Chavez foi assassinado?

WikiLeaks: O plano da Usaid para acabar com o governo de Chavez

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Uma resposta to “O truque do Valor para bater na Venezuela”

  1. O truque do Valor para bater na Venezuela | EVS NOTÍCIAS. Says:

    […] See on limpinhoecheiroso.com […]

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: