Mensalão tucano: Procurador-geral pede ao STF 22 anos de prisão para Azeredo

Rodrigo_Janot05_Azeredo

Rodrigo Janot, procurador-geral da República, enviou na sexta-feira, dia 7, ao Supremo Tribunal Federal as alegações finais do processo do mensalão tucano. No documento de 84 páginas, Janot sugere a condenação do deputado federal Eduardo Azeredo pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro mais multa de R$451 mil. Segundo denúncia de 2007, o ex-governador de Minas e ex-presidente nacional do PSDB, Eduardo Azeredo, se associou ao grupo de Marcos Valério para desvio de verbas e arrecadação de recursos para sua campanha à reeleição, em 2008.

Via Brasil 247

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a condenação do deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB/MG) a 22 anos de prisão pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro no caso do chamado mensalão tucano. Janot sugere ainda a aplicação de multa no valor de R$451 mil.

O procurador enviou na sexta-feira, dia 7, as alegações finais do processo ao STF – o prazo final para que o caso não prescrevesse era o próximo dia 17. No documento, de 84 páginas, ele reforça a denúncia apresentada em 2007 pelo então procurador Antônio Fernando Barros e Silva.

De acordo com a denúncia, o ex-governador de Minas Gerais e ex-presidente nacional do PSDB se associou ao grupo do empresário Marcos Valério para um esquema de desvio de verbas e arrecadação de recursos para bancar sua campanha à reeleição ao governo mineiro, em 2008.

Para o ex-procurador, Azeredo “foi um dos principais mentores de toda a gama de ilicitudes praticada”. Diz trecho da denúncia: “Eduardo Azeredo era governador do Estado de Minas Gerais e foi o principal beneficiário do esquema implementado. Embora negue ter participado dos fatos, as provas colhidas, como se verá ao longo da denúncia, desmentem sua versão defensiva”.

Abaixo, reportagem da Agência Brasil:

Janot pede condenação de ex-governador mineiro a 22 anos de prisão

André Richter

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu na sexta-feira, dia 7, ao Supremo Tribunal Federal (STF) a condenação do deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB/MG) na Ação Penal 536, o processo do mensalão mineiro. Janot pede que o parlamentar cumpra pena 22 anos de prisão pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro. Na ação penal, são investigadas denúncias de desvio de dinheiro público durante a campanha do então governador de Minas Gerais, que disputava a reeleição, em 1998.

De acordo com denúncia da procuradoria, aceita pelo Supremo em 2009, o parlamentar é acusado dos crimes de peculato e lavagem de dinheiro. Segundo a procuradoria, o então candidato teria se beneficiado de recursos oriundos de um esquema que envolvia a empresa SMP&B, de propriedade do publicitário Marcos Valério, condenado na Ação Penal 470, o processo do “mensalão”. Outros acusados respondem a acusações na primeira instância da Justiça de Minas, porque não têm foro privilegiado.

Na época em que a denúncia foi recebida, Azeredo negou todas as acusações e disse que não há qualquer documento que confirme o uso de recursos de caixa 2 na sua campanha à reeleição. O parlamentar também disse que nunca autorizou repasses para dinheiro para as empresas de Marcos Valério.

Tags: , , , , ,

4 Respostas to “Mensalão tucano: Procurador-geral pede ao STF 22 anos de prisão para Azeredo”

  1. Joacy Souza Says:

    Só ele ? KD o aércio, e tantos outros tucanos e os DEMonios corruptos ?

  2. pascoal Says:

    so azeredo ,e os outro 45 participantes

  3. Odilon José Fernandes Says:

    Será que o supremo acatará o pedido? Joaquim Barbosa neles.
    Ele é o presidente do supremo.

  4. Mensalão tucano: Procurador-geral pede ao STF 22 anos de prisão para Azeredo | EVS NOTÍCIAS. Says:

    […] See on limpinhoecheiroso.com […]

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: