Paulo Moreira Leite: Relato sobre uma viagem de FHC a Portugal, em 2002 (e a Nova Iorque)

FHC_Biquinho01

Paulo Moreira Leite em seu blog

Em nome do bom senso e da memória, transcrevo reportagem de 12 anos atrás.

FHC chega a Lisboa sem compromissos oficiais neste domingo

10/11/2002 – 9h04

Lisboa, 10/11/2002 (Agência Brasil – ABr) – O presidente Fernando Henrique Cardoso cumpre agenda privada hoje em Portugal. Durante a manhã ele fará um passeio turístico acompanhado de dona Ruth Cardoso, do embaixador do Brasil em Portugal, José Gregório, governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e do senador eleito pelo Ceará, Tasso Geressaiti (PSDB). Não há compromissos oficiais para o período da tarde, às 18h30 (16h30 horário de Brasília) o presidente participa de lançamento de um livro sobre o trabalho da embaixada do Brasil em Portugal na residência oficial do embaixador.

O presidente Fernando Henrique Cardoso iniciou neste sábado a sua última viagem à Europa, como chefe de Estado. Sua primeira escala está sendo em Lisboa (Portugal), onde permanece até terça-feira (12).

Nesta segunda-feira (11), às 10h30 (11), Fernando Henrique participa da VI Cimeira Brasil-Portugal, no centro cultural de Belém. Com objetivo de avaliar as relações bilaterais, os chefes de governo dos dois países encontram-se periodicamente nas cimeiras, quando também são assinados acordos que permitam a convivência harmônica entre seus povos. No mesmo dia FHC se encontra com o presidente português, Jorge Sampaio, que o homenageia com um jantar.

Na terça-feira (12), Fernando Henrique participa de reunião da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, a qual preside desde julho último. Após a reunião, ele será homenageado com o prêmio Personalidades do Ano, na Câmara de Comércio Luso-Brasileira. No mesmo dia, Fernando Henrique deve participar da exposição sobre o presidente Juscelino Kubistchek no Espaço Cultural do Chiado. Ainda há a possibilidade do presidente discursar no encerramento de um seminário sobre investimentos no Brasil.

Durante a viagem a Portugal, o presidente volta a se encontrar com José Gregori, que ocupa a embaixada brasileira naquele país desde que deixou o ministério da Justiça, em outubro do ano passado. Acompanham o presidente na escala portuguesa os ministros Celso Lafer (Relações Exteriores), Francisco Weffort (Cultura) e Sérgio Amaral (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), além do diretor-geral do departamento da Europa do ministério das Relações Exteriores, Marcelo de Andrade de Moraes Jardim.

De Lisboa, o presidente segue para o Reino Unido, onde recebe mais uma homenagem, desta vez da tradicional Universidade de Oxford. Sua chegada à cidade britânica está prevista para o final da manhã de quarta-feira (13). Neste dia, o presidente faz uma palestra no Saint Anthony’s College e depois participa de jantar com intelectuais britânicos. No dia seguinte, às 14 horas (horário local), recebe o título de Doutor Honoris Causa da Universidade de Oxford, onde também visita o centro de estudos brasileiros do campus.

Nesta parte da viagem, a única mudança na comitiva presidencial será a presença do embaixador do Brasil no Reino Unido, Celso Luiz Nunes Amorim. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o senador eleito pelo Ceará, Tasso Jereissati, também integram a comitiva.

A segunda fase da viagem será pela América Central. O presidente participa da sua última Cúpula Ibero-Americana na capital da República Dominicana, Santo Domingo. Realizada pela 12a vez, a cúpula tem como tema central o Desenvolvimento Agropecuário, Meio Ambiente e Turismo Sustentáveis. Fernando Henrique e os demais chefes de Estado integrantes da Cúpula ainda concentrarão as discussões em temas específicos como a governabilidade democrática, a segurança regional e cooperação na luta contra o terrorismo e o narcotráfico.

Acompanham o presidente, o ministro das Relações Exteriores, Celso Lafer; o embaixador do Brasil na República Dominicana, Fernando Fontoura, e o subsecretário de Assuntos Políticos Multilaterais do ministério das Relações Exteriores, embaixador Luiz Augusto Saint-Brisson de Araújo Castro. O retorno do presidente a Brasília está prevista para 17 de novembro, pela manhã.

***

A notícia abaixo está circulando nas redes sociais.

11/12/2002 – 08h59

FHC gasta US$70 mil em viagem a Nova Iorque

Folha de S.Paulo, em Brasília

O presidente Fernando Henrique Cardoso gastou mais do que o previsto em sua última viagem oficial no cargo, a Nova Iorque. Em vez dos US$35.140 estimados, a comitiva presidencial utilizou US$70.040, equivalente a cerca de R$266 mil pela cotação de ontem. FHC deixou o Brasil na noite de domingo e retornaria hoje.

O motivo, segundo a Folha apurou, foi a grande quantidade de pessoas. São cerca de 30, incluindo os ministros Celso Lafer (Relações Exteriores), Paulo Renato (Educação) e Barjas Negri (Saúde). A atriz Regina Duarte viajou como convidada, tendo as despesas custeadas pela União.

Os três filhos de FHC, Beatriz, Luciana e Paulo Henrique e três dos cinco netos do presidente viajaram com a comitiva, mas os gastos com hospedagem e alimentação não são pagos pelo governo.

Fernando Henrique Cardoso foi aos EUA para receber o prêmio Mahbub ul Haq, do Pnud (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), pela melhoria do Índice de Desenvolvimento Humano no Brasil.

Apesar de acima do esperado, os US$70.040 não representam a conta final. O demonstrativo entregue à missão brasileira na ONU (Organização das Nações Unidas), que organizou a visita de FHC, não contempla, por exemplo, ligações telefônicas.

A Folha tentou, durante toda a tarde de ontem, ouvir a assessoria de imprensa da Presidência, tendo deixado três recados. O assessor responsável, Geraldo Moura, estaria em reunião, impossibilitado de atender a telefonemas.

***

Leia também:

Quando a criação de 1,1 milhão de empregos é crise: O governo invisível não quer Dilma

País fecha 2013 com saldo de 1,1 milhão de vagas com carteira assinada

Recordar é viver: Para FHC, professor é “coitado” que não conseguiu ser pesquisador

A quem FHC pensa que engana com sua conversa de virgem em lupanar?

Privataria, reeleição e o cínico FHC

Recordar é viver: FHC mexeu no dinheiro dos mais de 70 anos e dos deficientes físicos

Recordar é viver: A história da fazenda de FHC

Palmério Dória: Por que FHC não está preso?

Entenda o motivo de a mídia golpista atacar a Petrobrax, quer dizer, Petrobras

Banqueiro do propinoduto paulista vendeu apartamento a FHC. Já pensou se fosse o Lula?

O Príncipe da Privataria: Livro revela como FHC comprou a reeleição

O Príncipe da Privataria: A Folha confirma o nome do “Senhor X”

Recordar é viver: Quando FHC trouxe cubanos, Veja aplaudiu

Leandro Fortes: A privataria e as desventuras do príncipe

Por que o mensalão tucano, a Lista de Furnas e os processos contra Aécio no STF não andam?

Lista de Furnas é esquema comprovado e repleto de provas na Justiça

Tatto defende CPI da Privataria e cobra explicações de FHC sobre Lista de Furnas

Se quiser, Joaquim Barbosa já pode avocar o processo da Lista de Furnas

Lista de Furnas: Deputados do PSDB são acusados de pressionar lobista preso

Lista de Furnas: Amaury Ribeiro já tem documentos para o livro A Privataria Tucana 2

Advogado acusa réu do mensalão tucano de ser mandante da morte de modelo

Perseguido por Aécio e com medo de ser assassinado, delator do mensalão tucano está em presídio de segurança máxima

TJ/MG: Processo que incrimina governantes mineiros desaparece

O Príncipe da Privataria: Livro revela como FHC comprou sua reeleição

Emprego: Um semestre de Dilma é melhor do que oito anos de FHC

Por que a reeleição de FHC nunca chegou ao STF

Para a reeleição de FHC, Cacciola doou R$50 mil

Proer, a cesta básica dos banqueiros

FHC só lançou programas sociais a quatro meses da eleição de 2002

A Folha noticiou a compra de votos por FHC para a reeleição, mas depois se “esqueceu”

Histórico catastrófico da era FHC

O que Dilma deve a FHC para ser chamada de ingrata?

Vídeo: Entenda como e por que FHC quebrou o Brasil três vezes

Celso Lafer descalço em aeroporto exemplifica submissão de FHC aos EUA

Em vídeo, Itamar Franco esclarece que o Plano Real não é obra de FHC

Salário mínimo: As diferenças entre os governos FHC e Lula/Dilma

Vídeo: Já pensou se fosse o Lula? FHC embriagado na Marquês de Sapucaí

FHC, o reacionário

Conheça o apartamento de FHC em Paris. Ele tem renda pra isso?

Vídeo: FHC tenta mentir em programa da BBC, mas entrevistador não cai nas mentiras

Adib Jatene: “FHC é um homem sem palavra e Serra, um homem sem princípios.”

FHC comprou o Congresso: Fita liga Sérgio Motta à compra de votos para reeleição

FHC comprou o Congresso. O STF não vai fazer nada?

FHC disse muitas vezes: “Não levem a sério o que digo.”

FHC e a reeleição comprada: Por que a Veja não consulta seus arquivos?

O retrato do desgoverno de FHC

Governo FHC: O recheio da pasta rosa e o caso do Banco Econômico

Os crimes de FHC serão punidos?

O Brasil não esquecerá os 45 escândalos que marcaram o governo FHC

FHC ao FMI: “CEF, Banco do Brasil e Petrobras estão à venda.”

As viagens de FHC, de Lula e a escandalização seletiva

Dinheiro da CIA para FHC

A festa de 500 anos do Brasil de FHC dá prejuízo de R$10 milhões ao estado da Bahia

FHC: PSDB está longe do povo. Partido nem sequer sabe o que é povo

Com indicação de FHC para ABL, Sarney faz Ayres Britto esperar a morte de outro “imortal”

Vídeo em que FHC chama os aposentados de vagabundos

Documentos revelam participação de FHC e Gilmar Mendes no mensalão tucano

FHC: “Nós, a elite, temos tendência à arrogância.”

FHC e o vitupério

Bob Fernandes escancara a relação de FHC com a espionagem dos EUA

Contratada por FHC, Booz Allen já operava como gabinete de espionagem dos EUA

Se cuida, FHC: Vem aí a CPI da Espionagem da CIA

A empresa que espionava o Brasil prestava consultoria ao governo de FHC

Era Lula cria mais empregos que FHC, Itamar, Collor e Sarney juntos

FHC já defendeu uma nova Constituinte, mas agora acha autoritarismo. Pode?

FHC se diz contra 100% dos royalties para a educação

FHC já admite que Aécio não tem condições de ser candidato

FHC é o bafômetro de Aécio

FHC não mostrou o Darf

Como a Globo deu o golpe da barriga em FHC e enviou Miriam para Portugal

Tags: , , ,

3 Respostas to “Paulo Moreira Leite: Relato sobre uma viagem de FHC a Portugal, em 2002 (e a Nova Iorque)”

  1. Mineira consciente Says:

    Mas o partido da IMPRENSA GOLPISTA/FASCISTA FAZ DE CONTA QUE OS psdbezinhos SÃO HONESTOS. FAZ-ME RIR….

  2. Paulo Moreira Leite: Relato sobre uma viagem de FHC a Portugal, em 2002 (e a Nova Iorque) | O LADO ESCURO DA LUA Says:

    […] See on Scoop.it – BOCA NO TROMBONE!Paulo Moreira Leite em seu blog Em nome do bom senso e da memória, transcrevo reportagem de 12 anos atrás. FHC chega a Lisboa sem compromissos oficiais neste domingo 10/11/2002 – 9h04 Lisboa, 10/11…See on limpinhoecheiroso.com […]

  3. Paulo Moreira Leite: Relato sobre uma viagem de FHC a Portugal, em 2002 (e a Nova Iorque) | EVS NOTÍCIAS. Says:

    […] See on limpinhoecheiroso.com […]

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: