Sem o convite de Dilma para África do Sul, Joaquim Barbosa atende tietes em São Paulo

Joaquim_Barbosa146_Mauricio_Souza

Ao lado do desenhista Maurício de Souza, o presidente do STF sorri para o clique dos fotógrafos.

Via Correio do Brasil

Frustrado por não integrar a comitiva da presidenta Dilma Rousseff a Johannesburgo, para a solenidade de despedida do líder sul-africano Nelson Mandela, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, dedicou-se à tietagem de fãs, em visita a São Paulo. Segundo nota na coluna da jornalista Monica Bergamo, na edição desta terça-feira do diário conservador paulistano Folha de S.Paulo, o “primeiro negro a presidir o STF, Joaquim Barbosa esperou até o último minuto por um convite de Dilma Rousseff para integrar a comitiva oficial que desembarca hoje na África do Sul para o enterro de Nelson Mandela. Mas o telefone não tocou”.

Para cronistas políticos, “o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, adotou ações típicas de um potencial candidato, quando começou a posar para fotos com admiradores. Na terça-feira, dia 9, esse comportamento se repetiu, quando ele, em visita ao Tribunal de Justiça de São Paulo, também se mostrou sorridente, solícito e sempre disponível a mais um clique, tanto do lado de dentro, como de fora da instituição”, afirma o site Brasil 247.

Leia, adiante, o inteiro teor da matéria:

Barbosa age como candidato, assim como agiu na condução da Ação Penal 470, ao aproveitar o feriado de 15 de novembro, dia da Proclamação da República, para decretar as primeiras prisões. No entanto, nega peremptoriamente a intenção de disputar a presidência. Neste fim de semana, usou a coluna Radar, do jornalista Lauro Jardim, para garantir que não será candidato.

Ocorre que suas promessas não podem ser levadas ao pé da letra e o fato é que, a cada dia que passa, Joaquim Barbosa se consolida como a única alternativa da oposição para tentar garantir um segundo turno em 2014. Segundo o Datafolha, a presidente Dilma Rousseff hoje tem 47% das intenções de voto, contra 19% do tucano Aécio Neves e 11% de Eduardo Campos – ou seja, mantém uma diferença confortável de 17 pontos em relação aos adversários.

Isso significa que Barbosa é hoje ainda mais importante para as forças que combatem o ciclo de poder do PT do que foi na condução da Ação Penal 470. Seus eventuais 15% – ou até mais – numa eventual disputa presidencial podem ser a diferença que falta para garantir um segundo turno.

Atento aos simbolismos do poder, Barbosa esperava ter sido incluído na comitiva presidencial, que levou todos os ex-presidentes vivos – José Sarney, Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Collor – aos funerais de Nelson Mandela, a convite da presidente Dilma Rousseff. Segundo ele afirmou em nota, Mandela representa uma “esperança a todas as vítimas de injustiças, em qualquer parte do mundo”.

Primeiro turno

A pesquisa nacional sobre sucessão presidencial feita pelo Instituto Paraná Pesquisas, que o site Brasil 247 divulgou, nesta terça-feira, mostra que a presidenta Dilma venceria todos os adversários, se as eleições presidenciais fossem hoje, em primeiro turno.

No primeiro cenário, foi incluído também Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, como candidato. “Essa possibilidade é cada vez maior, até porque a oposição precisa de um terceiro nome competitivo para tentar garantir um segundo turno e não enterrar de vez seu caixão”, diz Murilo Hidalgo, diretor do Paraná Pesquisas.

Conheça os seis cenários pesquisados:

CENÁRIO A – No primeiro cenário, foram considerados quatro candidatos: a presidente Dilma Rousseff, o senador Aécio Neves (PSDB/MG), o governador pernambucano Eduardo Campos, do PSB, e o presidente do Supremo Tribunal Federal. Aos números:

Dilma Rousseff 43,46%

Aécio Neves 17,14%

Joaquim Barbosa 15,61%

Eduardo Campos 6,93%

Vitória em primeiro turno: Dilma 43,46% Soma dos adversários 39,68%

CENÁRIO B – O segundo cenário do Paraná Pesquisas contempla apenas os candidatos já colocados e os números são muito parecidos com os do Datafolha:

Dilma Rousseff 47,15%

Aécio Neves 20,51%

Eduardo Campos 11,31%

Vitória em primeiro turno: Dilma 47,15% Soma dos adversários 31,82%

CENÁRIO C – Na terceira simulação, com Marina Silva na disputa, o quadro muda e haveria a possibilidade de segundo turno:

Dilma Rousseff 42,45%

Marina Silva 24,47%

Aécio Neves 17,88%

Empate técnico: Dilma 42,45% Soma dos adversários 42,35%

CENÁRIO D – José Serra também foi testado pelo Paraná Pesquisas e teve ligeira vantagem sobre Aécio Neves:

Dilma Rousseff 45,55%

José Serra 22,93%

Eduardo Campos 11,95%

Vitória em primeiro turno: Dilma 45,55% Soma dos adversários 34.88%

CENÁRIO E – Com Marina Silva na disputa e José Serra na disputa, haveria segundo turno:

Dilma Rousseff 41,08%

Marina Silva 24,53%

José Serra 19,74%

Segundo turno: Dilma 41,08% Soma dos adversários 44,27%

CENÁRIO F – O sexto cenário do Paraná Pesquisas substitui a presidente Dilma pelo antecessor Luiz Inácio Lula da Silva, que venceria com facilidade:

Dilma Rousseff 54,24%

Aécio Neves 18,85%

Eduardo Campos 9,63%

Vitória em primeiro turno: Lula 54,24% Soma dos adversários: 28,48%

O Paraná Pesquisas também mediu a aprovação ao governo da presidente Dilma Rousseff, que foi de 50% a 56%, entre junho e dezembro.

***

Leia mais sobre Joaquim Barbosa, o ex-menino pobre que mudou (pra pior) o Brasil:

Joaquim Barbosa, que nem disfarça mais, escolhe juiz tucanoO chicanista Joaquim Barbosa dá voz ao 12º ministro do STF: A “grande mídia”

Onde Joaquim Barbosa fracassou

Joaquim Barbosa fica na defensiva após revelação de seu patrimônio

Lewandowski tem de processar o indecente Barbosa

Vídeo: A grosseria imbecilizante de Joaquim Barbosa

Julgamento da AP470: Erro crasso motivou acesso de fúria de Joaquim Barbosa

Podem escrever: Comportamento de Barbosa no STF não vai acabar bem

A nova etapa da AP 470 tem de corrigir as injustiças

O arrogante Barbosa volta a ofender Lewandowski e tumultua julgamento da AP470

OAB cobre investigação contra Joaquim Barbosa

Paulo Moreira Leite: Joaquim, Pedro 1º e o racismo

Joaquim Barbosa pode ser destituído por usar imóvel do STF como sede de sua empresa

Joaquim Barbosa, o fora da Lei, utiliza imóvel do STF com sede de sua empresa

A origem do nome da empresa de fachada de Joaquim Barbosa

Joaquim Barbosa e os benefícios fiscais de seu imóvel em Miami

O doutor Joaquim Barbosa, a Veja, o domínio do fato e o apartamento em Miami

Apartamento de Joaquim Barbosa em Miami custou US$10,00

Sócio em offshore nos EUA, Joaquim Barbosa viola estatuto do servidor no Brasil

Joaquim Barbosa, o menino pobre que mudou o Brasil, compra apartamento milionário em Miami

Joaquim Barbosa condenaria eventual réu Barbosa

O laconismo da Uerj e a aliança entre Joaquim Barbosa e Jair Bolsonaro

A relação entre Joaquim Barbosa e a Uerj

O super-herói Joaquim Barbosa recebeu R$700 mil da Uerj sem trabalhar e quer retroativos

Miguel do Rosário: O mensalão de Joaquim Barbosa

O herói da mídia Joaquim Barbosa voa para ver o jogo do Brasil com dinheiro público

A Globo e Joaquim Barbosa são um caso indefensável de conflito de interesses

Joaquim Barbosa embolsou R$580 mil em auxílios atrasados

Joaquim Barbosa, quando quer, não domina a teoria do domínio do fato

De licença médica, Joaquim Barbosa bebe com amigos e emperra o STF

Nádegas de ouro: Reforma dos banheiros de Joaquim Barbosa custará R$90 mil

Reinaldo Azevedo: “A arrogância de Joaquim Barbosa é espantosa!”

O ético Joaquim Barbosa, o herói da mídia, usou passagens do STF quando estava de licença

Joaquim Barbosa ataca instituições democráticas do Brasil

STF paga viagem de jornalista de “O Globo”

O chicanista Joaquim Barbosa dá voz ao 12º ministro do STF: A “grande mídia”

Quando a máfia midiática promove julgamentos

Ação Penal 470: Celso de Mello pediu para votar, mas Barbosa fez chicana

Paulo Moreira Leite: Vergonha no STF

Fenajufe: Joaquim Barbosa tem a mania de perseguir seus adversários políticos

Missão de Pizzolato na Itália é destruir o precesso do “mensalão”, diz advogado

Joaquim Barbosa violou os direitos dos réus, afirma o jurista Celso Bandeira de mello

Ação Penal 470: Globo dá sinais de que, se farsa reuir, Barbosa é quem vai pagar a conta

Janio de Freitas cobra punição de Barbosa no CNJ

Joaquim Barbosa e o sensacionalismo

José Genoíno para presidente

Antonio Lassance: Os 10 privilégios dos petistas presos

Rede Globo tem contratos sigilosos com Marcos Valério

De Deodoro da Fonseca a Joaquim Barbosa: As farsas do 15 de novembro

“Mensalão”: O terceiro absurdo

Paulo Moreira Leite: O que Herzog pode ensinar sobre Genoíno

Em carta escrita na prisão, petistas dizem que não aceitam “humilhação”

Mauro Santayana: O júbilo e a hopocrisia

Pizzolato revela na Itália dossiê que embaraça julgamento de Barbosa

Mais do mesmo: Agora o alvo é o Lula

A Globo, a Folha e a Veja versus José Genoíno

Cumpra-se a lei: Juiz enquadra a toga colérica

STF tem chance de salvar sua própria dignidade

Juristas e intelectuais gritam contra AI-5 de Joaquim Barbosa

Erros do STF se voltarão politicamente contra a direita

Supremo Tapetão Federal

Advogados apontam “violações”, ilegalidades” e “desrespeito” nas prisões do “mensalão”

Paulo Moreira Leite: Pizzolato na Itália

O livro “A outra história do mensalão” é um sucesso de vendas

A revista Retrato do Brasil desmonta farsa do “mensalão”

“Mensalão”: A história de uma farsa

Juristas destroem acusações dos juízes do julgamento do “mensalão”

Ives Gandra, um dos oráculos da direita, afirma que José Dirceu foi condenado sem provas

“Mensalão”: Joaquim Barbosa e o sentido da tragédia

Bater em mulher é covardia: Quando Joaquim Barbosa não era herói da mídia

Tags: ,

7 Respostas to “Sem o convite de Dilma para África do Sul, Joaquim Barbosa atende tietes em São Paulo”

  1. Todas as virtudes de Joaquim Barbosa | Conversa Afiada Says:

    […] que José Dirceu foi condenado sem provasAgora vai: Ato pró-Barbosa reúne 29 pessoas e pede armasSem convite de Dilma para África do Sul, Joaquim Barbosa atende tietes em São PauloO chicanista Joaquim Barbosa dá voz ao 12º ministro do STF: A “grande mídia”Onde Joaquim […]

  2. Giordano Says:

    Se esse sujeito tiver a audácia de sair candidato a presidente ou vice, viverei um momento glorioso de minha existência de mais 60 anos. Vou sapecar-lhe meu voto vingador no traseiro !

  3. Sem o convite de Dilma para África do Sul, Joaquim Barbosa atende tietes em São Paulo | EVS NOTÍCIAS. Says:

    […] See on limpinhoecheiroso.com […]

  4. Sem o convite de Dilma para África do Su... Says:

    […] Ao lado do desenhista Maurício de Souza, o presidente do STF sorri para o clique dos fotógrafos.  […]

  5. Marcos Pinto Basto Says:

    D.Dilma não tinha que convidar Joaquim Barbosa para a cerimonia fúnebre de Mandela porque se este grande nome mundial fosse vivo e convidado a dar sua opinião sobre o mensalão, o super galâ Quim das Cabrochas sairia todo chamuscado de duras críticas.

  6. Arlete Souza Says:

    Só se a Dilma fosse doida para convidar este sujeito. Perdeu barbosão.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  7. Maria Thereza Says:

    Mas, pelo seu comportamento, ele fica muuuito melhor na festinha da mônica e do cebolinha do que em evento de homenagem a Mandela.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: