Resistir é preciso

Genoino42_Dirceu_Gilmar_JB

A “justiça” dorme, mas a resistência continua.

Maria Luiza Tonelli

O julgamento da AP 470 confirmou-se realmente como “o maior julgamento da história”. Ganhando o apelido de julgamento do “mensalão”, foi um julgamento onde pessoas foram condenadas sem provas, como é o caso de José Dirceu, fato atestado até pelo insuspeito Ives Gandra Martins. Provas não inseridas no processo (caso Visanet); ministros dormindo no primeiro dia do julgamento (Joaquim Barbosa e Gilmar Mendes), enquanto advogados de defesa faziam sustentações orais; discursos de ministros, num claro ativismo judicial, ultrapassando os limites de suas atribuições ao condenar moralmente o partido político de réus do processo (o PT no banco dos réus, comparado por um dos ministros até mesmo ao PCC); falas de ministros menosprezando a atividade parlamentar, num frontal desrespeito ao poder Legislativo; atentado a figuras públicas da maior dignidade (como a condenação de Genoíno por formação de quadrilha e corrupção ativa por ter ele assinado empréstimos, devidamente quitados, em nome do PT na condição de presidente do partido); prisões ilegais sem cartas de sentença e determinação do cumprimento da pena inicialmente em regime mais gravoso do que foram condenados; prisão de uns enquanto outros ainda estão soltos, como é o caso de Roberto Jefferson; julgamento em pleno período de eleições sob pressão da mídia, com o objetivo de prejudicar o PT (Roberto Gurgel chegando ao desplante de declarar à mídia que esperava que o julgamento tivesse repercussão nas urnas); comparecimento de ministros participantes do julgamento e, durante o período do mesmo, a lançamentos de livros destinados à propaganda contra os réus e seu partido (como O país dos petralhas 2, do blogueiro da Veja, e o Mensalão, de Merval Pereira, da Globo –este último brindado com prefácio do ministro que presidiu o julgamento até a fase de condenação dos réus).

Enfim, conhecemos toda essa história de cor e salteado. Portanto, é ingênuo ou age de má-fé aquele que não vê motivação política nessa farsa muito bem montada com o claro objetivo de quebrar a espinha dorsal de um partido político. Um julgamento de exceção, sim, afirmam juristas reconhecidos aqui e fora do país. Um julgamento político, sim.

Portanto, vídeos, matérias publicadas na imprensa, votos no STF com discursos de ministros inflamados, tudo isso e muito mais constitui provas que poderão levadas às cortes internacionais para que se esclareça o que foi realmente e que sentido teve o dito “maior julgamento da história deste país”.

As pesquisas de opinião que incluem Joaquim Barbosa como potencial candidato a presidente da República são a prova cabal do conluio jurídico-midiático dessa farsa que desde o início ignorou o direito ao devido processo legal. Réus foram denunciados, acusados, julgados e condenados por uma mídia que, sob o pretexto da liberdade de imprensa, não respeitou o direito constitucional à presunção de inocência até que a sentença tenha transitado em julgado. Cidadãos foram linchados moralmente, e continuam sendo, promovendo uma cultura de pura violência e de desrespeito aos direitos humanos. Uma mídia que ruma contra a maré do processo civilizatório, conquistado a duras penas.

Num Estado Democrático de Direito é inaceitável que alguém a tal ponto envolvido num julgamento de clara motivação política possa sair imediatamente em seguida candidato a uma disputa eleitoral de cago executivo ou legislativo. Tal conduta coloca sob suspeita a garantia da imparcialidade do julgador; um golpe na democracia e no Estado Democrático de Direito.

Julgamento político, sim, e de exceção: resultando em sentenças condenatórias baseadas em duvidosas interpretações doutrinárias e em alegações frequentemente subjetivas, sem respaldo nos autos do processo. Condenados num tal julgamento não são presos comuns, são presos políticos. É o Estado, representado pelo voluntarismo de Joaquim Barbosa, atuando de modo arbitrário e dando tratamento desigual a condenados portadores de enfermidades, como é patente no caso de Genoíno, se comparado ao de Roberto Jefferson.

Mas para que tudo isso? O que será, de fato, que está sendo tramado e armado? Quase 50 anos se passaram desde 1964. O espectro de um golpe não se delineia mais com metralhadoras e na escuridão das casernas, mas com luzes e câmeras em estranhos palcos e seus bastidores. Se vingará ou não ainda não sabemos. Há momentos em que a resistência como direito político é acima de tudo um dever moral.

***

Leia também:

Uma encrenca chamada Joaquim Barbosa

Joaquim Barbosa é o grande expoente do ódio

Paulo Moreira Leite: Vai aparecer a verdade sobre os R$73,8 milhões da Ação Penal 470?

Breno Altman: Por que José Dirceu sorriu pela segunda vez?

Paulo Moreira Leite: Um laudo pela metade

Miruna Genoíno: “Condenaram meu pai à pena de morte.”

“Barbosa poderá responder por crime de responsabilidade” diz associação de juízes

Paulo Moreira Leite: Um laudo com muitas salvaguardas para Genoíno

Temos um Napoleão no STF. Imperador de si mesmo

Saiba quem são os médicos escolhidos por Joaquim Barbosa para examinar José Genoíno

Joaquim Barbosa trocou juiz com “cantaço” ilegal, diz AMB

O barbosismo, o PT e o pós-julgamento

OAB pede ao CNJ que investigue Joaquim Barbosa

Breno Altman: Por que José Dirceu sorriu pela segunda vez?

Vazam mais páginas do dossiê de Henrique Pizzolato

AP470: Lembo critica “linchamento e diz que há base legal para impeachment de Barbosa

Caiu a máscara: Barbosa nomeia tucano para decidir futuro de Dirceu, Genoíno e Delúbio

Joaquim Barbosa, que nem disfarça mais, escolhe juiz tucano

“Mensalão”: Joaquim Barbosa e o sentido da tragédia

Missão de Pizzolato na Itália é destruir o precesso do “mensalão”, diz advogado

Joaquim Barbosa violou os direitos dos réus, afirma o jurista Celso Bandeira de mello

Ação Penal 470: Globo dá sinais de que, se farsa reuir, Barbosa é quem vai pagar a conta

Janio de Freitas cobra punição de Barbosa no CNJ

Joaquim Barbosa e o sensacionalismo

José Genoíno para presidente

Antonio Lassance: Os 10 privilégios dos petistas presos

Rede Globo tem contratos sigilosos com Marcos Valério

De Deodoro da Fonseca a Joaquim Barbosa: As farsas do 15 de novembro

“Mensalão”: O terceiro absurdo

Paulo Moreira Leite: O que Herzog pode ensinar sobre Genoíno

Em carta escrita na prisão, petistas dizem que não aceitam “humilhação”

Mauro Santayana: O júbilo e a hopocrisia

Pizzolato revela na Itália dossiê que embaraça julgamento de Barbosa

Mais do mesmo: Agora o alvo é o Lula

A Globo, a Folha e a Veja versus José Genoíno

Cumpra-se a lei: Juiz enquadra a toga colérica

STF tem chance de salvar sua própria dignidade

Juristas e intelectuais gritam contra AI-5 de Joaquim Barbosa

Erros do STF se voltarão politicamente contra a direita

Supremo Tapetão Federal

Destinos cruzados: A vida de Genoíno e a saúde da democracia

Advogados apontam “violações”, ilegalidades” e “desrespeito” nas prisões do “mensalão”

Paulo Moreira Leite: Pizzolato na Itália

Indo buscar justiça na Itália, Pizzolato atrapalha os planos políticos de Joaquim Barbosa

Henrique Pizzolato vai à Itália buscar justiça no caso da Ação Penal 470

O livro “A outra história do mensalão” é um sucesso de vendas

A revista Retrato do Brasil desmonta farsa do “mensalão”

“Mensalão”: A história de uma farsa

Cláudio Lembo, aliado de José Serra, chama o “mensalão” de julgamento medieval

Juristas destroem acusações dos juízes do julgamento do “mensalão”

Ives Gandra, um dos oráculos da direita, afirma que José Dirceu foi condenado sem provas

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

12 Respostas to “Resistir é preciso”

  1. pintobasto Says:

    O PT também tem muitas nulidades entre seus membros, se afastaram José Dirceu e Genoíno da chapa vencedora da nova diretoria, erraram feio! São inocentes! Joaquim Barbosa não tem provas materiais ou testemunhais de nenhuma das acusações que cozinhou para eles. O PT não tem defendido seus membros. Errou muito feio!

  2. Cláudio Aquino Says:

    Por que o PT afastou José Dirceu e José Genoíno da chapa vencedora na eleição da nova diretoria? Se eles são inocentes, deveriam ter sido mantidos.

  3. bene nadal Says:

    Cocordo com você pinto basto, em gênero número e grau… Essas duas figuras que se autodenominam Carlos José e Thiago, e que comentaram sobre essa postagem, são exemplos claros do resultado da idiotização que a mídia golpista faz em milhões de brasileiros incautos. São pessoas que não tem coragem para pensar, muito menos para agir, e nem sequer para saber se ainda estão vivos. Pois se, se sentissem vivos, no mínimo estaríam combatendo essa calhordice que a mídia golpista pratica, e que o STF repete como papagaio. Qualquer pessoa minimamente instruída, sabe que esse julgamento foi uma grande farsa, na verdade, parte de um grande golpe que vem sendo gestado contra o povo brasileiro, há dez anos, mas com certeza vão dar com os burros n’água…

  4. pintobasto Says:

    Thiago, se Joaquim Barbosa é teu herói que vai acabar com a roubalheira no Brasil, estás muito mal informado porque dormem nas gavetas do STF numerosos processos de grandes roubos de dinheiro público,praticados por grandes figurões que andam por aí impunes e teu herói Quim cozinhou um processo contra o PT e seus mais destacados membros por motivos escusos que não são os da justiça. Ninguém acusa um cidadão de crime grave sem provas e quando o faz sofre as consequências.
    Ladrão tem que ir em cana! Como escreves, mas quem comete a insana grosseria de chamar Genoíno de porco e covarde, está insultando um respeitável cidadão brasileiro, mostrando logo sua grande falta de princípios morais, de educação elementar e, sobretudo, de honestidade moral!
    QUEM ÉS TU, THIAGO, PARA INSULTAR ALGUÉM? Assim te comportas por trás dum computador que te garante ilusória segurança porque na rua, se cometeres o desplante de insultar alguèm que esbarrou contigo por acaso, podes ir contando com uma reação que te mostrará o peso da irresposbilidade.

  5. pintobasto Says:

    Carlos, não necessitamos visitar José Genoíno porque fazemos parte de sua luta que tem o parecer amplamente favorável dos maiores juristas do Brasil e muitos deles nunca simpatizaram com o PT.
    Tem muita gente inocente que acredita piamente em histórias da carochinha, outros recusam-se a conhecer a verdade porque fica mais fácil fazer coro com a mídia muito fajutona que invade os lares brasileiros espalhando porcaria por todos os lados.

  6. Thiago Says:

    Ladrão tem que ir em cana mesmo! Chega de roubalheira, Joaquim Barbosa é o herói que nós precisamos já há tanto tempo, e esse genuíno porco (ou seria porco Genoíno) é tão covarde que se esconde atrás de uma doença falsa para não encarar a cana dura que merece. Só sendo petista estúpido ignorante sem um puto no bolso ou petista esperto que tá ganhando algum para ver esses bandidos como heróis ou presos políticos.

  7. Carlos José Says:

    Onde vcs vão visitar o mensaleiro genoino? Na casa da filhinha dele ou no presídio???

  8. bene nadal Says:

    Concordo plenamente Pindo Basto, os erros do PT são gravíssimos em tolerar tanta barbarie, e o nosso Congresso, se honrasse as calças, já teria votado o impeachmann do JB, e também do GM… Parece até que os congressistas estão coniventes, e esperam só a deflagração do golpe, ou por outro lado estão com as “cuéca” tão sujas, que já não conseguem tomar qualquer decisão!!!!!!!!!!!!!

  9. José Aparecido Santos Says:

    Eu, José Aparecido dos Santos-Assis-SP, com profundo respeito a todas confissões religiosas ou não, mas, como cristão atuante, jamais me furtaria a um dever de consciência e coerencia, exercida por uma militancia de mais de 40 anos, a denunciar esta mais nojenta FARSA, engendrada por esta coisa sórdia, que a identifico como “stf”minúsculo, tanto quanto foi capaz de conluio com a mídia golpista brasileira, usando de artifícios, como Dominio do Fato, recusado pelo seu próprio criador, para “aplicar”um Julgamento de Exceção, comprovadamente político, com um único objetivo, condenar Sem Provas! Várias vezes, denunciando e anunciando solicitei a quem de direito impetrar recursos juntos a Cortes Internacionais,buscando o mais justo direito humano de defesa!
    Tenho certeza, Pizzolato, no exterior irá desmontar as engrenagems desta FARSA e o Brasil se envergonhará para sempre! Toda esta situação tem final feliz: Cadeia para Joaquim Barbosa e o fim da GLOBOSTA! Tenho dito!

  10. pintobasto Says:

    Maria Luiza Tonelli mostrou o chamado de mensalão que melhora quando tratado por Ação da Pilantragem 470. Tribunal algum deste mundo pode ser tratado de superior quando abriga juízes alçados à categoria de ministros, mas com comportamentos que são verdadeiros atentados à lei que muito estranhamente não foram logo denunciados pelos advogados de defesa.
    O próprio PT parece não ter acompanhado de perto toda a farsa montada para destruir a reputação de seus membros e do próprio partido.
    Durante todas as sessões do tribunal que de há muito deixou de ser superior, foram visíveis as intenções de condenar os arguidos no tal processo sem a apresentação de provas materiais ou testemunhais dos delitos imputados. Joaquim Barbosa prestou-se a desempenhar o papel dum reles embrulhão com tiradas de ditador medieval em tribunal de fundo de quintal e torno a enfatizar o comportamento tolerante dos advogados de defesa. A OAB já requereu ao CNJ, ação sobre o comportamento açodado de Joaquim Barbosa, mas teria sido de melhor efeito requerer ao Senado o impedimento do Joaquim por ter feito pesadas condenações sem provas.
    Por último, condeno o PT por não ter mobilizado até hoje a população brasileira a pedir o impedimento de Joaquim Barbosa. Vamos aguardar a investida de Pizzolato que será do conhecimento de todo o mundo e deixará Joaquim Barbosa mais sujo que pau de galinheiro

  11. Resistir é preciso | O LADO ESCURO DA LUA Says:

    […] See on Scoop.it – BOCA NO TROMBONE!Maria Luiza Tonelli O julgamento da AP 470 confirmou-se realmente como “o maior julgamento da história”. Ganhando o apelido de julgamento do “mensalão”, foi um julgamento onde pessoas foram condena…See on limpinhoecheiroso.com […]

  12. bene nadal Says:

    … É claro que num país continental como o Brasil, não é tão fácil aplicar um golpe político via Supremo, como vem sendo ensaiado desde 2003 quando um partido não alinhado com os interesses de washington, assumiu o comando do Brasil. Os alinhavos do golpe vem sendo tramados desde aquela data, e tiveram a liberdade de testá-lo, durante o período, pelo menos em dois países, com sucesso total, ou seja Honduras e Paraguai. Não podemos ainda dizer que não terão sucesso por aqui, pois os alinhavos continuam em franco andamento, apesar das dificuldades cada vez maiores para os golpistas. Os atores são os mesmos… Cia, STF, Igrejas tradicionais, partidos de extrema direita e logicamente, agitado pelos principais órgãos de mídia que trabalham em regime de oligopólio, em uníssono.
    Tenho grandes esperanças que esse golpe “dê com os burros n’água”, especialmente porque os brasileiros de um modo geral estão bem mais esclarecidos que nos países onde esse tipo de golpe foi dado, mesmo que tenha sido “em forma de ensaio”.
    Por outro lado existe alguma possibilidade de sucesso para os golpistas, em função principalmente de os nossos políticos do Congresso Nacional serem, com excessões é claro, uns “cuécas sujas”, pois além de morrerem de medo da mídia golpista, muitos com certeza levam grandes somas para sentarem em cima da “cuéca suja”.
    Se fôssemos julgar pela “inação” do nosso Congresso, com certeza já teríamos sofrido o golpe. A nossa felicidade são os aguerridos blogueiros progressistas, que trabalham quase em uníssono com a parte mais esclarecida da sociedade, e esses sim, juntamente com seu leitores fiéis fazem o trabalho que devería ser daqueles que foram eleitos para legislar a a favor do Brasil.
    Pessoas como Gurgel, JB e G.Mendes, jamais tomaríam assento em cargos tão elevados, se tivéssemos um Congresso ativo e comprometido com a função para a qual foram eleitos.
    Varias foram as tentativas de acertar o alvo com uma “bala de prata”, o que graças ao bom Deus o tiro não foi certeiro. Pensem nisso!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: