Mais Médicos: Padilha peita presidente do Conselho Federal de Medicina

Alexandre_Padilha09

Via Brasil 247

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha (foto), confrontou o presidente do CFM (Conselho Federal de Medicina), Roberto D’Ávila, sobre o Programa Mais Médicos. Na saída da audiência pública no STF, Padilha ironizou o médico que ainda tenta boicote ao programa. Leia na nota de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo:

Jaleco curto

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, tirou satisfação com o presidente do CFM (Conselho Federal de Medicina), Roberto D’Ávila, em um intervalo do primeiro dia de audiência pública sobre o Mais Médicos, no Supremo Tribunal Federal. Ao deixar a bancada anteontem [25/11], Padilha contestou a crítica de que o programa é feito por “profissionais de calça curta que chegaram agora e pensam que estão construindo o SUS”.

Jaleco curto 2

Padilha pegou o presidente do CFM pelo braço e, ao pé do ouvido, ironizou: “Da próxima vez, venho de bermuda para agradá-lo”. D’Ávila respondeu não ser necessário. “Basta que as ações adotadas sejam coerentes e não desvalorizem o médico brasileiro”, rebateu o líder da classe. Uma testemunha do diálogo diz que o tom subiu e D’Ávila chegou a dizer que “podia falar o que quisesse”.

Jaleco curto 3

A assessoria do ministro diz que ele se limitou a retrucar que “é importante manter o debate e ter argumento sem desqualificar os interlocutores”. Procurado pela coluna, D’Ávila não quis comentar o bate-boca. Declara, via assessoria, que não foi um comentário pejorativo nem uma crítica ao ministro, mas ao programa.

***

Leia também:

Quem não está acostumado, estranha: Pacientes se assutam com visita de médico cubano em casa

Primeiro médico cubano chegou em 1995 no interior de São Paulo

Coxinha preso por só bater ponto fazia campanha contra o Mais Médicos

Mais Médicos: Eduardo Campos é acometido de amnésia súbita

Dilma sanciona Mais Médicos e entrega registro a médico cubano

Dilma pede desculpas em nosso nome, doutor Juan

Pesquisa CNT: 74% da população é favorável a vinda de médicos estrangeiros

Entenda por que os médicos cubanos não são escravos

Médicos cubanos recebem flores um dia após as agressões

Paulo Moreira Leite: Quando os corvos vestem branco

Médicos cubanos: Quem são os responsáveis pelo corredor polonês em Fortaleza?

Quem são e o que pensam os médicos cubanos

Janio de Freitas: A reação aos médicos cubanos é doentia

Preconceito: Jornalista diz que médicas cubanas parecem “empregadas domésticas”

Vídeo: O dia que os médicos brasileiros envergonharam o País

Dez informações sobre a saúde e a medicina em Cuba

Médicos cubanos: Como se desmonta uma farsa de jaleco

Médicos cubanos: Os primeiros já chegaram ao Brasil

Médicos de Cuba, bienvenidos camaradas!

Vinda de médicos cubanos reforça ódio ideológico ao PT

Mais de 70% dos médicos cubanos vão para o Norte e Nordeste

Mais Médicos: Alheias ao embate ideológico, pequenas cidades comemoram vinda de médicos cubanos

Paulo Moreira Leite: O extremismo dos doutores

Eliane Brum: Ser doutor é mais fácil do que se tornar médico

Breno Altman: Conservadorismo de branco é atraso

Médico que diz que estrangeiros são enganação tem dois filhos “importados” de Cuba

Programa Mais Médicos, o Bolsa Família da saúde

Queremos médicos suecos!

Carta para Micheline Borges, a jornalista preconceituosa

Ministério da Saúde chama de “xenofobia” protesto contra médicos no CE

Médicos brasileiros, o orgulho branco da nação

Recordar é viver: Quando FHC trouxe cubanos, Veja aplaudiu

Médicos cubanos: Avança a integração da América Latina

Coxinhas de branco: A vergonha da nação

Conheça o médico cearense que liderou os xingamentos contra os cubanos

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

3 Respostas to “Mais Médicos: Padilha peita presidente do Conselho Federal de Medicina”

  1. Izabel Aparecida Fernandes Says:

    Isso mesmo Ministro Padilha !!
    Parabéns companheiro,bota essa corja dentro de um saco e joga-os no lixo!

  2. Mais Médicos: Padilha peita presidente do Conselho Federal de Medicina « EVS NOTÍCIAS. Says:

    […] See on limpinhoecheiroso.com […]

  3. Clovis Pacheco Filho Says:

    Até agora não consegui entender qual é o desprestígio à classe médica brasileira se profissionais estrangeiros se dispuserem a assumir os espaços de atendimento à população carente que nenhum dos esculápios brasileiros deseja ir atender, porque se localizam em locais que não dispõem de praias, xópins cênteres ou se localizes na assim denominadas perifas das grandes cidades.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: