Caiu a máscara: Barbosa nomeia tucano para decidir futuro de Dirceu, Genoíno e Delúbio

Joaquim_Barbosa118

Joaquim Barbosa: Prisões ilegais e nomeações pouco recomendáveis.

Com novo juiz, Barbosa escancara viés político do julgamento da AP 470

Barbosa escolhe filho de dirigente tucano, que também é braço direito do ex-governador do DF, José Roberto Arruda, para “cuidar” dos petistas

Helena Sthephanowitz, via RBA

O ministro Joaquim Barbosa continua tomando decisões com forte viés político no julgamento da Ação Penal 470, o chamado caso mensalão. Neste fim de semana, Barbosa retirou a execução penal dos sentenciados das mãos do juiz titular da Vara de Execuções Penais (VEP), Ademar Vasconcelos, e nomeou o substituto Bruno André Silva Ribeiro.

A motivação óbvia: aplicar rigor máximo na execução das penas a José Genoíno, José Dirceu e Delúbio Soares.

O problema é que o juiz Bruno Ribeiro é filho do ex-deputado distrital Raimundo Ribeiro, do PSDB, ligadíssimo ao ex-governador do DF, José Roberto Arruda (ex-PSDB e ex-DEM).

Ribeiro pai foi, inclusive, secretário de Justiça e Cidadania nos dois primeiros anos da gestão de Arruda, que perdeu o mandato após um escândalo de recebimento de propinas do – caso que ficou conhecido como mensalão do DEM.

Foi também chefe de gabinete de Arruda quando este foi deputado federal, e já ocupou o cargo de gerente da Secretaria do Patrimônio da União, quando o amigo Arruda era líder do governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso no Senado.

Quando o ex-governador estava em prisão na Superintendência da Polícia Federal (PF), o deputado Raimundo Ribeiro foi dos poucos parlamentares a visitá-lo e não escondeu a condição de amigos. O encontro entre os dois ocorreu dois dias antes da abertura do processo de impeachment contra Arruda e no decorrer do julgamento, pelo Supremo Tribunal Federal, do mérito do habeas corpus que decidiria pela sua liberdade ou permanência na cadeia.

Podemos admitir que filho juiz e pai político são pessoas e carreiras diferentes, mas juízes costumam se declarar impedidos quando pode haver conflitos de interesses pessoais nas causas de que cuida.

No caso da AP 470, com o pai no pleno exercício de sua atividade política – e militando em partido antagônico ao dos sentenciados –, coloca em dúvida se não haveria conflito de interesses. Afinal, decisões do filho podem ser usadas para beneficiar eleitoralmente o pai.

Imagine se Genoíno fosse do PSDB e o juiz, filho de um deputado do PT. O parentesco seria motivo de debates, denúncias e achaques nas colunas políticas de jornais, revistas e noticiosos do rádio e TV. Imaginem o que diriam Reinaldo Azevedo, Arnaldo Jabor e tantos outros “grandes” da mídia tradicional. Ou não?

Com estas nomeações, até mesmo na execução da penas – quando a Constituição brasileira e as convenções internacionais garantem o respeito aos direitos dos condenados, pelos quais Barbosa deveria ser o primeiro a zelar – o presidente da Suprema Corte reforça o caráter de julgamento político, seja por imprudência (hipótese cada vez mais remota), seja de caso pensado.

***

Bruno_Ribeiro01_Juiz

Juiz Bruno Ribeiro, cujo pai foi deputado distrital do DF pelo PSDB.

Barbosa põe filho de dirigente tucano para decidir futuro de José Dirceu, Genoíno e Delúbio

Presidente do STF alega que juiz anterior, titular da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, estaria sendo benevolente com os presos.

Via RBA

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, que comandou a prisão ilegal de condenados na Ação Penal 470, agora decidiu nomear o filho de um dirigente tucano como o juiz de execuções penais que vai decidir sobre o futuro de presos como José Genoíno, José Dirceu e Delúbio Soares, todos petistas.

Irritado com o juiz Ademar Vasconcelos, titular da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, e que até então cuidava dos presos, Barbosa o substituiu por Bruno Ribeiro, que é filho do ex-deputado distrital Raimundo Ribeiro, dirigente do PSDB do Distrito Federal e apresentador do programa Tribuna Livre, onde um de seus esportes prediletos era justamente atacar os réus da Ação Penal 470, segundo o site Brasil 247. O magistrado anterior, segundo presidente do STF, estaria tratando os condenados com muita benevolência.

Foi para Bruno Ribeiro que, no dia 15 de novembro, Joaquim Barbosa mandou as ordens de prisão. Mas ele estava de férias e isso fez com que réus condenados ao regime semiaberto ficassem mais tempo presos em regime fechado.

***

Leia também:

Joaquim Barbosa, que nem disfarça mais, escolhe juiz tucano

“Mensalão”: Joaquim Barbosa e o sentido da tragédia

Missão de Pizzolato na Itália é destruir o precesso do “mensalão”, diz advogado

Joaquim Barbosa violou os direitos dos réus, afirma o jurista Celso Bandeira de mello

Ação Penal 470: Globo dá sinais de que, se farsa reuir, Barbosa é quem vai pagar a conta

Janio de Freitas cobra punição de Barbosa no CNJ

Joaquim Barbosa e o sensacionalismo

José Genoíno para presidente

Antonio Lassance: Os 10 privilégios dos petistas presos

Rede Globo tem contratos sigilosos com Marcos Valério

De Deodoro da Fonseca a Joaquim Barbosa: As farsas do 15 de novembro

“Mensalão”: O terceiro absurdo

Paulo Moreira Leite: O que Herzog pode ensinar sobre Genoíno

Em carta escrita na prisão, petistas dizem que não aceitam “humilhação”

Mauro Santayana: O júbilo e a hopocrisia

Pizzolato revela na Itália dossiê que embaraça julgamento de Barbosa

Mais do mesmo: Agora o alvo é o Lula

A Globo, a Folha e a Veja versus José Genoíno

Cumpra-se a lei: Juiz enquadra a toga colérica

STF tem chance de salvar sua própria dignidade

Juristas e intelectuais gritam contra AI-5 de Joaquim Barbosa

Erros do STF se voltarão politicamente contra a direita

Supremo Tapetão Federal

Destinos cruzados: A vida de Genoíno e a saúde da democracia

Advogados apontam “violações”, ilegalidades” e “desrespeito” nas prisões do “mensalão”

Paulo Moreira Leite: Pizzolato na Itália

Indo buscar justiça na Itália, Pizzolato atrapalha os planos políticos de Joaquim Barbosa

Henrique Pizzolato vai à Itália buscar justiça no caso da Ação Penal 470

O livro “A outra história do mensalão” é um sucesso de vendas

A revista Retrato do Brasil desmonta farsa do “mensalão”

“Mensalão”: A história de uma farsa

Cláudio Lembo, aliado de José Serra, chama o “mensalão” de julgamento medieval

Juristas destroem acusações dos juízes do julgamento do “mensalão”

Ives Gandra, um dos oráculos da direita, afirma que José Dirceu foi condenado sem provas

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

6 Respostas to “Caiu a máscara: Barbosa nomeia tucano para decidir futuro de Dirceu, Genoíno e Delúbio”

  1. Todas as virtudes de Joaquim Barbosa | Conversa Afiada Says:

    […] PizzolatoAP470: Lembo critica “linchamento” e diz que há base legal para impeachment de BarbosaCaiu a máscara: Barbosa nomeia tucano para decidir futuro de Dirceu, Genoíno e DelúbioJoaquim Barbosa, que nem disfarça mais, escolhe juiz tucano“Mensalão”: Joaquim Barbosa e o […]

  2. Arlete Souza Says:

    Será que este juiz não entende que está sendo usado pela elite fascista? Ele acha que este partidinho neoliberal aceita a ascensão do pobre trabalhador??? Ou ele já ESQUECEU DAS SUAS RAÍZES????

  3. Caiu a máscara: Barbosa nomeia tucano para decidir futuro de Dirceu, Genoíno e Delúbio « EVS NOTÍCIAS. Says:

    […] See on limpinhoecheiroso.com […]

  4. PAULO ROBERTO Says:

    Barbosa está enrolado! Se tudo tivesse terminado em pizza, a credibilidade do STF e principalmente do seu presidente estaria ao rés do chão. Como houve punição, estamos vivendo a ditadura da toga, o ministro é durão. A insaciedade humana é um problema sério

  5. bene nadal Says:

    Num país como o Brasil, onde o Congresso Nacional se comporta “como um bando de galinhas”, o presidente do supremo, “equilibrado ou não” manda e desmanda, como um ditador com poderes absolutos… Até quando “autoridades constituídas”??? Até o país sofrer um golpe via Supremo??? Como em Honduras e Paraguai???

  6. Therezinha Says:

    Impeachment ao raivoso!!!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: