Máfia demotucana: “Arquiva”, manda Kassab

Folha_Capa_Kassab01A

Daniel Ribeiro copidescou a manchete da Folha.

Alan Gripp, via Folha on-line

O ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (PSD) mandou arquivar um procedimento aberto para apurar denúncia de que o chefe da arrecadação de sua gestão enriqueceu de forma ilícita, afirma o próprio servidor em grampo obtido pela Folha.

Kassab diz que as acusações do servidor são “mentirosas” e que repudia tentativas “sórdidas” de envolver o seu nome. O auditor Ronilson Bezerra Rodrigues ocupava o cargo de subsecretário da Receita da administração Kassab.

Foi preso na semana passada sob a acusação de liderar um esquema de cobrança de propina de grandes incorporadoras em troca de redução de ISS, no período em que exerceu a função.

Em 2012, Rodrigues era alvo de um expediente interno (uma investigação preliminar) aberto a partir de uma denúncia anônima para investigar o seu elevado patrimônio –que, agora, descobre-se, é incompatível com seus rendimentos.

Na gravação, ele relata a outro fiscal como, em sua versão, o ex-prefeito decretou o fim da apuração. “Vou dizer o que o corregedor [Edilson Bonfim] fez comigo. Ele pegou a declaração de bens da prefeitura, com a evolução patrimonial, foi no Kassab”, conta.

Prefeitura_SP10_Culpados

Segundo ele, a conversa entre o corregedor e Kassab lhe foi relatada pelo chefe-de-gabinete do então prefeito. “Isso o João Francisco Aprá, chefe-de-gabinete do Kassab, me contando. Ele falou: ‘Olha, a evolução é compatível, mas eu queria abrir a conta dele’. E o Kassab: ‘Não, não tem motivo’. E falou: ‘Então arquiva’. Arquivou.”

Em setembro de 2012, Rodrigues chegou a ser ouvido, mas o procedimento não chegou a resultar na abertura de uma investigação formal. Kassab, em nota, alega que a apuração, mesmo preliminar, foi transferida para a administração Haddad. A gestão petista diz que o procedimento se “limitou a ouvir o investigado” e que “nenhum encaminhamento foi dado à época e o processo ficou parado”.

No áudio, Rodrigues conversa com o fiscal Luiz Alexandre Cardoso de Magalhães, conhecido como “Louco”. Foi Magalhães quem gravou a conversa neste ano – ela foi anexada às investigações da máfia do ISS.

“Louco” fez um acordo de delação premiada com o Ministério Público para ter sua pena reduzida. Ele contou aos promotores do caso que gravou os fiscais que atuavam com ele para se proteger.

No fim da gestão Kassab, o auditor acusado de liderar o esquema de fraudes foi alvo de outra investigação, esta arquivada após parecer do então secretário de Finanças Mauro Ricardo. Na gestão Haddad, ele ocupou até junho o cargo de diretor da SPTrans.

Prefeitura_SP09_Culpados

Colaborou Felipe Souza.

***

Leia também:

Máfia demotucana: A Folha se considera só um papel pendurado na banca

Mafia demotucana: Líder da quadrilha diz que Kassab sabia do esquema e esperava que ele “ganhasse a eleição”

“O implacável braço direito de Serra” e o caso de corrupção em São Paulo

Seus problemas acabaram: Filie-se ao PSDB

Braço direito de José Serra mandou arquivar denúncias de pagamento de propina para construtoras

Prefeito Haddad e a lição de ética

Após investigações, Haddad manda prender ex-funcionários da gestão Kassab/Serra

Há mais envolvidos no esquema de corrupção do governo Kassab/Serra, diz Haddad

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Uma resposta to “Máfia demotucana: “Arquiva”, manda Kassab”

  1. pintobasto Says:

    O que se descobriu até agora de corrupção na prefeitura de S.Paulo é uma gota de água num oceano de roubalheira. IPTU, Saúde, Educação, Transportes escondem ninhos de corrupção que devem ter abrandado agora e devem estar escondendo qualquer indício da roubalheira que têm feito.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: