Lucro menor da Petrobras tem nome: investimento gigante

Petrobras_Investimentos2013

Fernando Brito, via Tijolaço

No último final de semana, os jornais se deliciaram explorando a queda no lucro da Petrobras no terceiro trimestre. Observem bem, queda no lucro, não prejuízo. “Só” R$3,4 bilhões no trimestre, um pouco mais da metade (55%) do que lucrou no segundo trimestre.

Altos e baixos são comuns nos resultados de grandes empresas. Ninguém fez um escarcéu quando, no primeiro semestre do ano passado, o lucro da megapetroleira Chevron caiu 25%, de US$7,2 bi para US$5,4 bilhões.

Ainda assim, a Petrobras teve 30% de lucro a mais em 2013, se comparado aos nove primeiros meses de 2012.

Claro que pesou a alta do dólar e a contenção do preço da gasolina, mas o lucro poderia ter sido bem maior.

Como?

Simples, investindo menos e não o volume fabuloso de dinheiro que a empresa vem invertendo em plataformas, navios, poços, gasodutos e tudo o que é necessário para estar à altura de explorar o pré-sal.

Foram R$69,2 bilhões – bi, mesmo – nos nove primeiros meses do ano, um crescimento de 16% sobre os R$59,8 bilhões de 2012. Até o final do ano, os investimentos devem chegar perto da casa dos US$100 bilhões.

E sem se cortar um real sequer para fazer face ao que vem pela frente: o megacampo de Libra.

Compare: a Vale, em todo o ano de 2012, investiu R$36 bilhões e este ano reduziu em 7% o valor, para R$33,7 para os 12 meses.

Em 2002, o investimento da Petrobras mal chegava a R$7 bilhões por ano.

A Petrobras é a maior alavanca de desenvolvimento do Brasil. Como empresa, deve gerar lucro e reajustar seus preços de acordo com seus custos. Mas como agente do desenvolvimento brasileiro não pode fazer isso ao ritmo da gritaria histérica do mercado e de sua mídia, que hoje berra por reajustes e, daqui a tempos, quando eles ocorrerem, vai esgoelar-se contra a empresa, como responsável que fosse pela alta do dólar.

A turma do mercado quer, mesmo, é que a Petrobras invista menos e, neste investimento, gaste menos, comprando lá fora em lugar de estimular a produção e o emprego nacionais.

Mas esse tempo passou, definitivamente.

E só meia-dúzia de cegos – e algumas centenas de “espertos” – não veem que ela, além de pensar em lucro, pensa no Brasil.

Tags: , ,

Uma resposta to “Lucro menor da Petrobras tem nome: investimento gigante”

  1. Roberto Mendes Says:

    kkkkkkkkkkkkkkk

    Vocês estão melhores que as propagandas oficiais…
    (se é que vocês não recebem “incentivo oficial”)

    Falta a logomarca do Ministério de Minas e Energia.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: