Advogados de filho de Lula denunciam seis pessoas por ataques via internet

Lulinha01

Esta é a ação mais enérgica da família Lula desde que começaram as acusações contra Fábio Luís. Foto de Greg Salibian/Folhapress.

O principal acusado de disseminar denúncias falsas é Daniel Graziano, responsável pelo site do Instituto Fernando Henrique Cardoso.

Luis Nassif, lido RBA

O escritório de advocacia Teixeira, Martins & Advogados, em nome de Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, entrou com representação junto ao 78º Distrito Policial (DP) de São Paulo, contra pessoas que, pela internet, acusaram-no de ser dono de fazendas e aeronaves.

A representação foi feita no último dia 2 de outubro. Na sequência foi instaurado inquérito e, nos próximos dias, serão convocadas seis pessoas para prestar depoimentos. Dentre elas, Daniel Graziano, responsável pelo site Observador Político, do Instituto Fernando Henrique Cardoso.

A acusação não é contra o site em si, mas contra um comentário específico postado por um leitor cadastrado. Daniel será intimado a identificar o autor do comentário.

Na representação, os advogados juntaram a chamada materialidade do crime – notas e comentários devidamente registrados em cartório. O passo seguinte será identificar os autores finais. A partir daí, partir para a denúncia.

É a primeira atitude mais enérgica da família Lula contra os ataques sistemáticos que vêm sofrendo pela internet desde 2006. Neste momento, a reportagem principal do site Observador Político tem como título: “O brasileiro não se importa de ser severamente enganado”.

Nota do Escritório Teixeira, Martins & Advogados

Polícia abre inquérito para apurar calúnia e difamação contra Fábio Lula

A delegada Victoria Lobo Guimarães, titular do 78º Distrito Policial da Cidade de São Paulo, instaurou inquérito policial para apurar a ocorrência de crimes contra a honra de Fábio Luís Lula da Silva. A delegada Victoria recebeu no dia 2 de outubro de 2013 representação dos advogados de Fábio Lula, pedindo a investigação de seis publicações na internet com conteúdo mentiroso e ofensivo. Fábio não é e jamais foi dono de qualquer fazenda ou de aeronave.

Os seis responsáveis pelas publicações já tiveram suas intimações expedidas pela delegacia e deverão ser ouvidos nos próximos dias.

“Estas publicações absurdas que têm surgido na internet, pretendendo vincular o nome do Fábio à compra de bens de elevado valor, caracterizam conduta criminosa e serão sempre levadas ao conhecimento das autoridades para as providências legais cabíveis”, afirma Cristiano Zanin Martins, um dos advogados que assina a representação.

Teixeira, Martins & Advogados

Leia também:
Lulinha entra no STF com queixa-crime contra tucano mineiro por calúnia
A lição de democracia da loja que desmentiu o boato de que é “do filho de Lula”
Friboi contrata agência para desmentir o boato que a empresa é de Lulinha
Lulinha processa prefeito de São Carlos após postagem no Facebook
Família do ex-presidente Lula vai pra cima de tucano que mentiu sobre Lulinha
Caluniador de filho de Lula na internet é executivo do instituto FHC
Empresário é condenado a pagar multa por causar danos morais ao filho de Lula
Veja acusou o filho de Lula. E agora?
Para encerrar o assunto: As fazendas não são do Lulinha
Instituto de FHC na mira da polícia devido aos boatos contra Lulinha

A cobra vai fumar: Lula entra com queixa-crime contra o Ronaldo Caiado

 

Tags: , , , , , ,

4 Respostas to “Advogados de filho de Lula denunciam seis pessoas por ataques via internet”

  1. Maria Lucia Cardoso Says:

    Agora esperamos que o Suplicy e Haddad façam o mesmo com os fascistas da Livraria Cultura.

  2. Tremei, caluniadores! Advogados de filho de Lula denunciam seis pessoas por ataques via internet | EVS NOTÍCIAS. Says:

    […] See on limpinhoecheiroso.com […]

  3. Jésus Araujo Says:

    Já não era sem tempo, como diz o povo. É preciso acabar com os ataques gratuitos pela internet, Chamar Lula de chefe dos ladrões, chamar Dilma de ladra, como também outras pessoas… Deveria haver um acompanhamento dos comentários na internet, para chamar à prova nas barras dos tribunais seus autores. A internet está virando espaço de ataques pessoais e de descarregamento de ódios políticos. Isto não pode continuar. Tudo deveria ser conduzido aos tribunais pelos ofendidos em sua honra.

  4. Maria Amélia Martins Branco Says:

    A quadrilha TUCANA mantém uma central de boataria pra difamar a família de Lula e ficam calados quanto a sorveteria da filha de Serra sócia do homem mais rico do Brasil, da onde veio o dinheiro para essa sociedade, será que foi dos roubos das Privatizações?

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: