Foda-se a pseudoética pequeno burguesa!

Soldadinho_Trensalao01

André Lux, via Tudo em Cima em 20/9/2013

Sinceramente, eu fico pasmo de ver gente inteligente e com acesso a tudo que há de bom e melhor no mundo ainda acreditando nessa farsa chamada “mensalão”.

Qualquer pessoa minimamente bem informada sabe que isso aí não passou de um caso de caixa 2 e de compra de apoio dos partidos de aluguel, sem qualquer desvio de dinheiro público.

Sim, todos fazem isso no Brasil. Todos. Sabem por quê? Porque se não fizer isso não ganha eleição. Simples assim.

Aí vão dizer: “Ah, mas o PT sempre pregou a ética na política, então não poderia ter feito isso”. Pois eu digo: “Foda-se a pseudoética pequeno-burguesa! Imoral pra mim é ver crianças morrendo de fome ou pedindo dinheiro em semáforos. É ver gente morando em favelas bebendo água de esgoto.

O PT, graças ao Zé Dirceu (por isso ódio mortal que a direita tem dele), entrou no jogo para ganhar e fez o que deveria ser feito para eleger Lula. O resto é história: os governos Lula e Dilma tiraram 35 milhões de brasileiros da miséria! Nem vou citar todas as outras coisas boas que vieram com o PT no poder, senão vou ter de encher essa página até o fim.

Enquanto o PT se deixava prender pela pseudoética pequeno burguesa, estilo que a gente vê nos patéticos do PSOL e PSTU, não ganhava a presidência e a direita deitava e rolava enquanto ria da “ingenuidade” dos petistas.

Por isso repito em alto e bom som para quem quiser ouvir: foda-se a pseudoética pequeno burguesa, dessa gente que faz bravatas contra a corrupção, mas vive sonegando impostos, subornando policiais, comprando DVDs piratas, explorando trabalho semiescravo, baixando música de forma ilegal pela internet, tratando a esposa como a “santa do lar” enquanto realiza suas fantasias com amantes em puteiros e saunas gay…

Essa gente que acha que “pobre é tudo vagabundo”, que “preto é tudo ladrão”, que “bandido bom é bandido morto”, que é “contra o aborto” mas acha que governo não tem de dar “bolsa esmola pra vagabundo” (mesmo sabendo que o Bolsa Família reduziu a mortalidade infantil no Brasil em 17%), que dizem “para os amigos tudo, para os inimigos a lei” e outras coisas impublicáveis, mas que todos nós já os ouvimos dizer em alto e bom som.

E digo mais: fodam-se todos hipócritas e falsos moralistas de plantão que vivem praticando atos corruptos no dia a dia enquanto posam de vestais da ética! E tenho dito.

E mando mais um recado aos hipócritas de plantão: quem realmente quer acabar (ou pelo menos diminuir consideravelmente) com a corrupção na política tem que necessariamente apoiar uma reforma política que acabe com o financiamento privado de campanhas, que é a porta de entrada da corrupção em um sistema feito pela e para a corrupção.

Caso contrário, é apenas bravata sem consequência, como foram os protestos dos coxinhas.

Tags: , ,

43 Respostas to “Foda-se a pseudoética pequeno burguesa!”

  1. fernando Says:

    nossa! que bicha estressada hein?!

  2. Limpinho&Cheiroso: Posts mais lidos em 2013 | bloglimpinhoecheiroso Says:

    […] Foda-se a pseudoética pequeno burguesa! […]

  3. pintobasto Says:

    Giovani Ribeiro, fica difícil descobrir onde minhas idéias podem entortar porque a maioria que participa deste debate, demonstra pensamentos muito semelhantes.
    TÃO POUCO significa a mesma coisa que TAMPOUCO!

  4. Giovanni Ribeiro Says:

    PintoBasto, você escreve muito bem, apesar das ideias tortas… Só uma dica: “tão pouco” é muito diferente de “tampouco”…

  5. pintobasto Says:

    Alfredo, entendeu o que já foi escrito aqui e o vídeo explica em detalhes? Seu comentário investe furiosamente contra o bom senso que tem norteado a todos com opiniões reforçadas por destacados juristas.
    AP 470, o tal mensalão é uma fraude jurídica, um conluio de bastidores da politicalha com provas incriminatórias.
    “Cadeia para o Dirceu” deve fazer parte desse tal sonho libertário que não incluía um operário no poder e sempre contou com farto apoio fiduciário dos donos do poder.
    Tudo isto acontece porque o Povo não tem quem o represente junto do governo, nem tão pouco pode escolher quem faça isso!

  6. Fernando Pereira Silva Morais Says:

    TRABALHO ESCRAVO CUBANO: objetivo dos progressistas (SOCIALISTAS/COMUNISTAS)alcançado.
    Trabalho e escravidão socialista TERMOS CORRELATOS?

    As esquisitices que os médicos cubanos sofrerão não são acidentes no planejamento progressista (Socialista/Comunista): o trabalho escravo é seu objetivo inescapável.

    A palavra mais odienta a ser pronunciada no país ainda é “capitalismo”. Este sistema de iniciativa privada, sem controle estatal da economia, foi o sistema que mais enriqueceu os pobres – na análise de Thomas Sowell, se um americano hoje nasce entre os 20% mais pobres, ele tem mais chances de terminar a vida entre os 20% mais ricos do que continuar entre os mais pobres. Todavia, sempre que for citado, deve ser “admitido” a contragosto, como alguém espiando a esposa do amigo: “é, o capitalismo até deu uma vencida no comuno-fascismo, sim…”

    O intelectual de esquerda Vladimir Safatle (este estranho conceito do que a esquerda chama de “intelectual”), ao criticar a democracia durante o movimento Occupy Wall Street, é taxativo: “a democracia parlamentar é incapaz de impor limites e resistir aos interesses do sistema financeiro”. Ou seja, a democracia, como diz Slavoj Žižek, é o problema, e o que a esquerda quer, mesmo sabendo que o capitalismo é melhor, é impedir trocas comerciais e financeiras livremente.

    A esquerda, que já transitou de Rousseau e Karl Marx a Marcuse e Pol-Pot, é pródiga em se reinventar para se livrar de termos que, historicamente, demonstraram seu caráter totalitário e miserável. Apenas dos termos, e não do conteúdo, claro. Basta ver como partidos de extrema-esquerda com nítida inspiração trotskysta (PSTU, PSOL, PCO) ou mesmo flertes pouco disfarçados com o stalinismo (PCB, PCdoB) não usam a palavra “comunismo”, hoje consabidamente mais assassino do que o nazismo. A própria presidente Dilma Rousseff, em campanha, numa entrevista a José Luiz Datena (que tem quadros de Che Guevara em sua casa), fala esquisitamente que lutava por uma sociedade “socialista, e não comunista”, como se isso fizesse sentido.

    A esquerda, reinventada hoje sob a égide do “progressismo”, é ainda o mesmo movimento (talvez o único movimento no Ocidente com continuidade histórica, reconhecimento de seus líderes passados e com o mesmo projeto futuro), tanto é que seu lado mais “democrata”, como o da presidente Dilma Rousseff, nunca rompe seus laços de amizade com ditaduras decrépitas do meio da Guerra Fria, como o totalitarismo de Cuba, uma das ditaduras mais longevas do planeta, causadora da morte de cerca de 100 mil pessoas em mais de meio século.

    Não há nenhuma ruptura, nenhum “progresso”, nenhuma mudança nessa seara: o PT continua com seus laços socialistas no Foro de São Paulo (expulsando a imprensa que não concorde obedientemente com as atas), continua fazendo parte do mesmo projeto de poder transcontinental, continua acreditando no sonho cubano. No máximo, seus quadros mais abertamente socialistas (vide José Dirceu, Aldo Rebelo, Tarso Genro, Celso Amorim, Maria do Rosário etc) não ficam mais no Executivo central, aquele que precisa ganhar eleições com marketing.

    Quem não se lembra de Lula defendendo o socialismo? Que tal a propaganda partidária venezuelana que Lula fez para o proto-ditador Nicolás Maduro? E do PCdoB, principal partido aliado da base governista do PT, declarando seu apoio (?!) ao ditador da Coréia do Norte Kim Jong-un? Que tal Lula chamando o trânsfuga Muammar Kadafi de “meu amigo, meu irmão, meu líder” (sic), sem que nenhuma voz na imprensa cobrasse um pronunciamento de Lula após o próprio povo se rebelar contra o “grande líder” totalitário? Por que os setores “progressistas” defendem o totalitário homofóbico Mahmoud Ahmadinejad e as feministas, durante a campanha para eleger Dilma, se calam sobre este mesmo ditador matar mulheres “adúlteras” (por “traírem” maridos mortos) por apedrejamento, senão por um continuísmo histórico, que sabe que o PT nasce do socialismo, e seu objetivo final ainda é o mesmo, numa continuidade histórica?
    Quando o governo socialista de Dilma Rousseff importa médicos, ninguém se escandaliza. Pessoas, numa sociedade livre, são livres para trabalhar onde bem quiserem. Analistas políticos do Brasil, por exemplo, devem ser livres para trabalhar diretamente da Suíça, sendo financiados para tal, abanados e tendo cotas de Ovomaltine suíço quentinho todo dia. Apenas se surpreendeu quando os médicos que vieram ao Brasil não-livremente foram médicos cubanos.

    O discurso unificado “progressista” funciona como uma seita: todos devem pensar o mesmo. Para tal, veículos de comunicação, reproduzindo a ladainha oficial (a hegemonia faz com que, cada vez mais, imprensa e governo se imiscuam), lançam o chamado dog whistle: o apito que só a militância ouve, e que faz com que todas as críticas ao governo sejam respondidas em uníssono de uma mesma maneira. Como se viu nas redes sociais nos últimos dias, todas as críticas à importação de médicos cubanos foram pechadas de “racismo”, sem que nenhum progressista pensasse o mesmo quando a blogueira cubana dissidente Yoani Sánchez foi até agredida no aeroporto por estes mesmos que hoje enaltecem o tráfico humano do governo petista.
    Ninguém criticou médicos cubanos, e sim o ato do governo de importá-los. Pior: importá-los como gado, como mercadoria que pertence a uma ditadura totalitária que ficará com 3/4 do seu salário, não liberará seus passaportes, não lhes permitirá conversar com a imprensa e, caso queiram ter outro emprego livremente no país, como todo ser humano pode depois de viajar com bolsa de trabalho ao estrangeiro, será impedido por um acordo ditatorial entre Cuba e o PT, que lhes nega asilo político já de cara.

    Mas essas esquisitices que só acontecem com os médicos cubanos (ninguém ouviu sobre algum modelo de gestão humana parecido a respeito de médicos portugueses, espanhóis ou bolivianos) são vistas apenas como um desvio, um acidente de percurso pelo fato de Cuba ser uma ditadura (e culpa-se sempre a América por isso, como se a culpa da ditadura norte-coreana também fosse… do Ocidente). São analisadas como notas de rodapé que ninguém lê antes de assinar.

    Na verdade, não é um acidente no projeto “progressista”, e sim sua consubstanciação mais inescapável. Os progressistas, que odeiam o mercado (“imperialista” e “desigual”, embora queiram acabar com o embargo comercial a Cuba para salvá-la da miséria que é viver sem mercado, sem perceber a contradição), não podem suportar a idéia de que as pessoas trabalhem para quem quiserem, que circulem livremente (basta pensar em Cuba, ou no Muro de Berlim, quando não há um mar de tubarões ao redor), que ajam por seus próprios desejos individuais, ao invés de subordiná-los à força estatal.

    Como o progressista quer uma sociedade programada, centralizada, dirigida, com um projeto único a ser obedecido, sem liberdade de ação autônoma para fora do que foi previamente mandado, é uma conseqüência óbvia de que é a favor da estatização completa não apenas da economia, mas da própria vida humana – que perde seu poder de livre associação, sendo obrigada, sempre, a só obedecer ao Estado.

    É assim que o progressista acaba com as variações do mercado, com a “desigualdade”, com o desemprego – no dizer de P. J. O’Rourke, a Constituição soviética garante a todos um emprego. Uma idéia bastante assustadora, eu diria. Se essa sociedade planejada “para o bem de todos” não pode conter “acidentes”, desigualdade, concentração, exploração e outras palavras de forte apelo emocional, mas que só mascaram a realidade com uma interpretação insana, esses médicos que vieram para cá, fazendo teatrinho já no aeroporto (como descer do avião de jaleco e estetoscópio no pescoço depois de uma viagem transcontinental), é insofismável que essas pessoas poderão apenas trabalhar para o Estado. E para quem o Estado original, o dono de sua força de trabalho, permitir.

    Se há a possibilidade de livre associação em uma sociedade liberal, os médicos cubanos são a prova de que, na sociedade “progressista”, há a hierarquia, o controle, a disciplina e a obediência. O trabalho de médicos que serão obrigados a mais-valiar para a ditadura cubana, sem direito a ter por aqui uma vida normal, que todo progressista que elogia o ato do governo tem, é prova de que a escravidão é o destino dessa sociedade com política e economia “planejada” pelo Estado para o bem-estar social.

    O relato de um médico cubano em nosso Congresso
    Esse médico cubano sabe das coisas. E vai direto ao ponto: quem apóia a ditadura cubana suja as mãos de sangue! O médico trabalha 60 a 70 horas para receber R$ 70! São explorados pelos irmãos Castro. Mas a esquerda liga para isso? Afirma que esses médicos vêm porque são solidários. E eles, os esquerdistas que defendem Cuba: são solidários aos pobres cubanos?

  7. Alfredo Says:

    Kkkk, discurso falso moralista de quem peida e sai dizendo que os outros cheiram ruim é o teu, por causa deste argumento da moral maquiavélica onde os fins justifica os meios a Rússia teve que pedir desculpa pelos crimes de Stalin, e o pior foi que esta atitude abortou os caminhos dos trabalhadores para sua emancipaçao, do mesmo modo e partir de que o Pt compra partidos , votos e apoio ele deixou de ser de esquerda para se acomodar com o poder e toda cúpula de abutres que dele subsiste sem o povo, que nunca ficará contente com uma falsa participação, através de bolsas, do falso Status quo dado a ele o povo. Cadeia para o Dirceu, não por ter posto um operário no poder, mas por ter corrompido um sonho libertário, através do caixa dois publico ou privado. Por façamos um julgamento socialista: para el Paredon!!!’

  8. pintobasto Says:


    Vejam este video e depois entendam o que tem sido o tal de mensalão!
    É uma armadilha para impressionar a opinião pública contra o PT e seus mais destacados membros, como José Dirceu e Genoíno, já que não conseguiram apanhar Lula.
    Golpe sujo colocado em prática por Roberto Gurgel, seu antecessor, Gilmar Mendes e Joaquim Barbosa, mas tem muito pilantra velho por fora como Sarney e FHC.
    Começam a aparecer pormenores muito estranho como a ocultação do relatório da Polícia Federal sobre as investigações feitas e sabe-se agora que o delegado da PF responsável pelas averiguações, foi punido por ter comentado as decisões de Barbosa, afinal têm poderes sobre a PF?
    VEJAM O VÍDEO E ENTENDAM PORQUE ESSE JULGAMENTO DA AP 470 VAI SER ANULADO. JOAQUIM BARBOSA VAI DANÇAR MUITO FEIO!

  9. Dario Souza Says:

    Ótimos argumentos Maria Amélia, realmente imagino que tenha feito um estudo super elaborado ao proferir palavras tão inteligentes e apropriadas. Agora sério, de fato politica é GOSTO. Pra que discutir isso? Pensa: quem você quer te representar no poder é gosto pessoal, no final das contas. Ora veja, PT sempre criticou as privatizações, mas agora veja a defesa de Guido Mantega nas… privatizações:

    http://exame.abril.com.br/economia/noticias/receita-de-privatizacoes-engordara-superavit-primario

    Mais:

    http://ucho.info/pt-perde-a-vergonha-e-adere-de-vez-a-privatizacao-que-aos-incautos-e-vendida-como-concessao

    Petrobras é o exemplo da ingerência e hipocrisia deste atual governo. A empresa que virou um fenômeno de potência e valor para a nossa sociedade no governo passado foi completamente saqueada, junto com os recursos do dinheiro do nosso povo – honesto e de boa fé – através da maior capitalização da história.

    Pra que defender o erro? Pra que defender o crime? Vamos defender ações, idéias e não indivíduos. Fizeram merda sim. Queremos sim um governo que defenda interesses coletivos, de coração aberto, com sentimentos de autoestima elevada, que defenda o melhor uso de nossos recursos naturais e o bem estar de todos.

    Defender cegamente o PT, como se fosse o exemplo da retidão e honestidade? Sério? Nem isso nem aquilo.

  10. Therezinha Says:

    Pinto basto, concordo totalmente com vc! Não existiu dinheiro público e as sentenças de até 40 anos prova que é um julgamento político. As opiniões dos juristas destacados, que deveriam ter se manifestado antes, precisam ter mais destaques. A direitona esta tendo ataques e vão continuar tendo!!!
    Quando o Judiciário invade os outros 2 poderes a democracia esta em jogo. Precisamos de uma boa e profunda reforma no Judiciário!!!

  11. pintobasto Says:

    Therezinha, estão começando a aparecer opiniões de destacados opositores do PT que consideram a AP 470 uma verdadeira aberração jurídica, eu seria mais claro e chamaria de fraude. Nos termos da lei e só da lei, está provando que nenhum dos indiciados desviou, roubou ou fez evaporar dinheiro público, se tal não aconteceu, não pode ter ladrão, nem quadrilha! Pelo que se viu até agora, o Superior Tribunal vai pro fundo do quintal!

  12. Therezinha Says:

    Sigo este e mais alguns blogs e desde que saiu o resultado do STF, pude perceber que os leitores do PIG, os coxinhas e os tucanos, estão baixando mais ainda o nível, se isto é possível. Não tem mais argumentos e resolveram apelar. Deve ser um vírus altamente contagioso, que provoca o aumento da agressividade e esmaga a pouca inteligência existente!!!

  13. O Corvo Says:

    Só as FFAA pra mandar esses putos pra Ilha Grande novamente. Ou jogar no Rio Guandu pra virar refeição dos urubus de Seropédica.

  14. Marcos Pinto Basto Says:

    Mas será possível que tanta gente sabendo ler e escrever, ainda não entendeu que os alvos desta AP 470 são os membros do PT que têm maior destaque nacional? Existem outros indiciados inocentes que também foram envolvidos nesta arapuca jurídica que se conhece melhor por cartada de efeito sugestivo pois usa o roubo de dinheiro público como acusação, mas não prova onde houve tal delito! Acusam por suposição e roubam por tradição! Agora estão estudando o modo como vão mandar para a cadeia todos os indiciados no tal mensalão e o caldeirão vai entornar, derramando toda a sujeira que está por trás da acusação que o Roberto Rangel enviou para o STF. Os advogados dos indiciados não estão atuando como deveriam, receando entrar em choque direto com os ministros do tribunal de exceção, dos quais se pode esperar tudo. Se todos os advogados pedirem a intervenção da OAB para que dois dos ministros sejam interditados de fazerem parte daquele tribunal que se deseja superior, o plano começa a afundar.

  15. Dario Souza Says:

    Os fins não justificam os meios meu amigo. “Matar” e “roubar” por boas intenções ainda é crime. Justificar a cagada alegando que “era pra ter feito isso” e “todos” fazem isso é simplesmente cegueira politica. Você realmente confia tudo e joga todas as fichas nesses caras? Eu não faço isso por politico nenhum. Todos devem ser fiscalizados e condenados se fizerem merda.

  16. Tânia Mara Garcia Says:

    André, você só esqueceu de esclarecer um “detalhezinho”: o caixa 2 na política existe como tributário da prática secular do grande empresariado brasileiro, historicamente corrupto e sonegador,
    O mesmo empresariado que odeia o PT e odeia ainda mais o Zé Dirceu.

  17. Selma Says:

    Parece que o texto do Lux pirou a gurizada. Nunca li tanto palavrão e ofensas. Quanto ao Dirceu não penso que seja o caso de santificá-lo e nem crucificá-lo. Ele fez o máximo para atingir o objetivo que era eleger o Lula. Teve que fazer concessões sim. Ele era o presidente do PT na época, portanto ele fez as negociações. Cometeu erros ao não tomar os cuidados que seriam pertinentes na ocasião. Quanto ao Lula e ao PT, defenderam até demais o Dirceu e estão pagando e vão pagar o preço. O ferro continua malhando e vai malhar mais no ano que vem.

  18. Selma Says:

    Interessante, quando eu escrevo, dizem que meu comentário vai para análise. Como pode ter passado o comentário do “lima”? Demais a mais, dizia minha falecida mãe: “A boca fala do que o coração está cheio”. portanto…

  19. Gui Elisalde Says:

    A UFRS deveria apurar a conduta deste usuário …

  20. Gui Elisalde Says:

    Este endereço d e-mail está sendo indevidamente usado pois deve ser reservado apenas p uso profissional, da instiruição q o disponibiliza. Sua manutenção é paga com dinheiro público, com o MEU dinheiro e eu ñ concordo com o uso indevido q vc está fazendo. Isso deveria ser objeto d um processo interno p apuração da conduta do usuário deste endereço eletrônico.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: