Onde Joaquim Barbosa fracassou

Joaquim_Barbosa47_Cabeca_Baixa

Por mais que a mídia tenha se esforçado, ele não conseguiu virar um “herói do povo”.

Paulo Nogueira, via Diário do Centro do Mundo

E eis que o caso do “mensalão” chega a seu clímax. De todos os personagens da trama, o mais extraordinário é, por razões óbvias, Joaquim Barbosa.

Com seu jeito bruto e tosco, com suas palavras duras e inclementes contra os réus, ele rapidamente se converteu num herói do 1% – o diminuto grupo de privilegiados que tem sua voz nas grandes empresas de mídia.

O maior esforço das empresas de mídia, em relação a JB, foi tentar convencer as pessoas de que elas genuinamente admiravam o “menino pobre que mudou o Brasil”. Ou, numa expressão, o “homem justo”.

Não foram bem-sucedidas nisso: a sensação que ficou, com o correr dos dias, é que aquela admiração é fingida. Joaquim Barbosa foi e é conveniente para o 1%, mas as informações que foram surgindo sobre ele tornam difícil qualquer tipo de admiração que não seja simulada.

Fora da fantasia do “homem justo”, não é fácil admirá-lo na vida real. JB não tem notório saber, não se expressa com charme e clareza, não escreveu livros ou artigos dignos de nota.

Também não é fácil admirar um alpinista profissional que é capaz de abordar – aborrecer, na verdade – alguém num aeroporto para tentar cavar uma promoção. E nem parece digno de aplausos quem, numa entrevista, cita um episódio ocorrido há quase 40 anos – a reprovação no Itamaraty – com a raiva desagradável que temos de alguma coisa ocorrida há dias.

O 1% triunfou no uso de Joaquim Barbosa para que defendesse seus interesses no julgamento do “mensalão”. Ele se revelou excepcionalmente suscetível à adulação da mídia. Ninguém parece ter acreditado tanto na admiração da mídia por JB quanto o próprio JB.

O fracasso do 1% foi na tentativa de fazer de JB um “herói do povo”, alguém capaz de conquistar a Presidência da República nas urnas e zelar pela manutenção de seus privilégios com o uniforme de “menino pobre”.

Este fracasso se deu, em grande parte, por força da internet. Nos sites independentes, as informações sobre o real Joaquim Barbosa permitiram compor um perfil bem diferente daquele difundido pelas companhias jornalísticas.

A relação promíscua com a mídia – notadamente com a Globo, que deu emprego a seu filho não por filantropia, naturalmente –, o apartamento comprado em Miami com o uso de uma pequena trapaça para evitar impostos – coisas assim acabaram desconstruindo o perfil montado por jornais e revistas, ao se tornarem públicas pela internet.

Nas pesquisas presidenciais, seu nome aparece com números acachapantemente baixos e decepcionantes para quem tem sido tão promovido. Se Joaquim Barbosa estivesse nos corações e nas mentes dos chamados 99%, ele estaria brilhando nas pesquisas. Seria um contendor poderoso para 2014, na pele do “homem que acabou com a corrupção”.

Mas não.

Por mais que a mídia tenha se esforçado para fazer de JB um “herói do povo”, ele já é amplamente reconhecido como um representante daquele grupo predador que fez do Brasil um recordista mundial em desigualdade: o 1%.

Leia também:

Joaquim Barbosa fica na defensiva após revelação de seu patrimônio

Lewandowski tem de processar o indecente Barbosa

Vídeo: A grosseria imbecilizante de Joaquim Barbosa

Julgamento da AP470: Erro crasso motivou acesso de fúria de Joaquim Barbosa

Podem escrever: Comportamento de Barbosa no STF não vai acabar bem

A nova etapa da AP 470 tem de corrigir as injustiças

O arrogante Barbosa volta a ofender Lewandowski e tumultua julgamento da AP470

OAB cobre investigação contra Joaquim Barbosa

Paulo Moreira Leite: Joaquim, Pedro 1º e o racismo

Joaquim Barbosa pode ser destituído por usar imóvel do STF como sede de sua empresa

Joaquim Barbosa, o fora da Lei, utiliza imóvel do STF com sede de sua empresa

A origem do nome da empresa de fachada de Joaquim Barbosa

Joaquim Barbosa e os benefícios fiscais de seu imóvel em Miami

O doutor Joaquim Barbosa, a Veja, o domínio do fato e o apartamento em Miami

Apartamento de Joaquim Barbosa em Miami custou US$10,00

Sócio em offshore nos EUA, Joaquim Barbosa viola estatuto do servidor no Brasil

Joaquim Barbosa, o menino pobre que mudou o Brasil, compra apartamento milionário em Miami

Joaquim Barbosa condenaria eventual réu Barbosa

O laconismo da Uerj e a aliança entre Joaquim Barbosa e Jair Bolsonaro

A relação entre Joaquim Barbosa e a Uerj

O super-herói Joaquim Barbosa recebeu R$700 mil da Uerj sem trabalhar e quer retroativos

Miguel do Rosário: O mensalão de Joaquim Barbosa

O herói da mídia Joaquim Barbosa voa para ver o jogo do Brasil com dinheiro público

A Globo e Joaquim Barbosa são um caso indefensável de conflito de interesses

Joaquim Barbosa embolsou R$580 mil em auxílios atrasados

Joaquim Barbosa, quando quer, não domina a teoria do domínio do fato

De licença médica, Joaquim Barbosa bebe com amigos e emperra o STF

Nádegas de ouro: Reforma dos banheiros de Joaquim Barbosa custará R$90 mil

Reinaldo Azevedo: “A arrogância de Joaquim Barbosa é espantosa!”

O ético Joaquim Barbosa, o herói da mídia, usou passagens do STF quando estava de licença

Joaquim Barbosa ataca instituições democráticas do Brasil

STF paga viagem de jornalista de “O Globo”

Bater em mulher é covardia: Quando Joaquim Barbosa não era herói da mídia

***

Tags: , , , , ,

3 Respostas to “Onde Joaquim Barbosa fracassou”

  1. Todas as virtudes de Joaquim Barbosa | Conversa Afiada Says:

    […] em São PauloO chicanista Joaquim Barbosa dá voz ao 12º ministro do STF: A “grande mídia”Onde Joaquim Barbosa fracassouJoaquim Barbosa fica na defensiva após revelação de seu patrimônioLewandowski tem de processar o […]

  2. bene nadal Says:

    Qualquer semelhança é mera conicidência… Alguém já viu um “pangaré”, da noite para o dia se tranformar num ganhador de um grande prêmio??? Nem que seja “dopado” por energéticos!!! Alguém já viu um “fusca” de repente; se tranformar numa lamborguini??? Alguém já viu uma pessoa “tosca, grosseira” de repente se tranformar numa pessoa elegante, num “gentle man”? Pois é, milagres só com Deus!!!

  3. Therezinha Says:

    Alguém sabe dizer o que ou quem poderia tirar o JB do cargo????
    Serzinho abominável, incompetente e autoritário!!!
    Precisamos de uma reforma do Judiciário com urgência!!!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: