Médicos cubanos: Os primeiros já chegaram ao Brasil

Cuba_Medicos20_Primeiros

Muita festa: Eles chegaram com jalecos e bandeiras do Brasil e de Cuba.

Via O Globo

No sábado, dia 24/8, 206 médicos de Cuba chegaram ao Brasil para participar do Programa Mais Médicos do Ministério da Saúde. Eles vieram em voo fretado da Cubana Aviación e desembarcaram no Aeroporto dos Guararapes, em Recife, em clima de festa com bandeiras do seu país e do Brasil. De Recife, a maioria seguiu para Brasília. Até domingo, chegariam ao País 644 profissionais formados no exterior, entre eles 400 cubanos. Eles começam na segunda-feira, dia 26, treinamento de três semanas para atuar na saúde básica no interior do país e na periferia das grandes cidades.

Em entrevista coletiva, os quatro profissionais selecionados pelo ministério para falar com a imprensa evitaram falar sobre o valor dos salários. O governo federal vai pagar bolsa de R$10 mil para os profissionais do Mais Médicos. Mas, no caso dos cubanos, eles vieram por meio de um acordo bilateral, intermediado pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), no valor de R$511 milhões pagos ao governo cubano.

“Somos médicos por vocação, não por dinheiro. Trabalhamos em qualquer país não por dinheiro mas por amor”, desconversou Nelson Rodriguez, de 45 anos, que lembrou que médicos do mundo inteiro, inclusive da América Latina e da África, procuram universidades cubanas de medicina.

Os quatro cubanos disseram que vieram para o Brasil por solidariedade, para colaborar nos serviços de atenção básica de Saúde e para cuidar de populações carentes. Todos eles já prestaram o mesmo serviço em países como Paquistão, Haiti, Guatemala, Venezuela e Honduras.

“Estamos muito contentes, muito felizes de estarmos no Brasil. Queremos colaborar com o SUS. Nós nos formamos na base da solidariedade e do humanismo. Em Cuba temos o necessário para o estudo, para a saúde e para nos prepararmos o nosso futuro”, disse Natacha Romero Sanches, de 44 anos, lembrando que o grupo trabalhou em outros países com piores condições.

“O Brasil é grande e belo, tem boas condições humanas e econômicas, e é correto o Ministério da Saúde reforçar o seu quadro de médicos. Quanto aos nossos salários, eles são suficientes”, acrescentou, sem citar números.

Diante de contestações judiciais de corporações médicas, o ministro da Saúde Alexandre Padilha afirmou, na manhã de sábado, dia 24, que o governo federal tem segurança jurídica em relação ao programa Mais Médicos e acusou seus críticos de ameaçarem a saúde da população. Na sexta-feira, a Associação Médica Brasileira (AMB) protocolou Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a suspensão do Mais Médicos.

Tags: , , ,

2 Respostas to “Médicos cubanos: Os primeiros já chegaram ao Brasil”

  1. Jésus Araujo Says:

    Pergunta que não quer se calar: por que a luta dos médicos brasileiros contra os vindos de fora (muitos brasileiros, como os dois filhos do Dr. Argolo, presidente da AM do RS, formados em Cuba). Querência, defesa de território não é, os médicos que chegaram trabalharão onde médico brasileiro não pisa. Motivo ideológico também creio que não, apesar de servir para açular a população; no governo FHC, José Serra trouxe médicos cubanos, a Veja festejou, e hoje Serra capitaneia as hostes de protesto à vinda dos médicos.Que está por detrás da resistência a uma decisão comum a países pobres e ricos? Alguém me dá uma resposta racionalmente satisfatória?

  2. pintobasto Says:

    O Governo Federal já deveria ter ajuizado uma ação contra o CFM por tumultuar a ordem pública e incitação dos médicos a greves com manifesto prejuízo das populações mais pobres.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: