O laconismo da Uerj e a aliança entre Joaquim Barbosa e Jair Bolsonaro

Miguel do Rosário em seu O Cafezinho

A Uerj respondeu ao blog O Cafezinho, de forma incrivelmente lacônica e arrogante. Comunicado da Uerj: “Não corresponde à verdade dos fatos a informação constante de supostos documentos com telas de sistema interno da Universidade, divulgados por um blog no dia 16 de julho de 2013.”

Joaquim_Barbosa94_Uerj02

Me desculpem, mas essa resposta não diz nada. O que não é verdade? A Uerj é uma empresa 100% pública, Joaquim Barbosa é um funcionário duplamente público: é presidente do Supremo Tribunal Federal e professor da Uerj. O salário do Joaquim no STF, disponível neste link, é este.

Joaquim_Barbosa95_Holerite

O Cafezinho teve acesso a documentos da Uerj aparentemente verdadeiros. Não sou nenhum perito Molina, mas minha fonte tem sido, até o momento, confiável. Diferentemente da Folha, que publicou, na capa do jornal de maior tiragem no País, uma ficha criminal falsa da Dilma, colhida na internet, os documentos que publiquei foram enviados por uma fonte de dentro da Uerj.

Posso errar, claro. Se o Jornal Nacional pode publicar entrevista de 7 minutos com um ex-presidiário falastrão, acusando, sem documentos, o BNDES de lhe oferecer um financiamento de R$8 bilhões, O Cafezinho também pode cometer deslizes.

Mas não é o caso. Os documentos, até prova em contrário, são verdadeiros. Reproduzo novamente uma das telas do sistema interno da UERJ:

Joaquim_Barbosa96_Cadastro

Segundo os documentos, Joaquim Barbosa está ativo, “por autorização expressa do Reitor”. Minha fonte me garantiu que ele recebe salários. E ontem [18/7] me disse que a Uerj apertou o cerco lá dentro, para não haver mais vazamentos, dificultando a obtenção dos contracheques de Joaquim.

Quero ter a confiança de que a Uerj não vai fazer nenhuma modificação de última hora no sistema. Os documentos mostram que Joaquim é funcionário ativo, e funcionário ativo, até onde eu sei, ganha salário. Quando ele estava em licença não remunerada, essa condição estava bem especificada lá: funcionário em licença não remunerada. Esclarecimentos mais consistentes seriam bem-vindos.

Segundo minha fonte, Barbosa já teria recebido aproximadamente R$700 mil, somando salários, décimo terceiro, benefícios, de 2008 até hoje.

As peripécias de Barbosa não param por aí. Ontem [18/7] mesmo, Barbosa fez outras das suas: 1) Feriu a Lei Orgânica da Magistratura e afrontou uma decisão soberana do Congresso, ao suspender a proposta de criação de mais tribunais; 2) aceitou um mandato de segurança contra o Programa Mais Médicos expedido por Jair Bolsonaro. Sim, Barbosa – para bater num dos programas mais ousados do governo Dilma – se aliou a Jair Bolsonaro, o parlamentar mais reacionário do Congresso Nacional.

STF dá dez dias para presidência prestar esclarecimentos sobre Mais Médicos. Informações serão usadas para embasar o julgamento de mandado de segurança, protocolado pelo deputado federal Jair Bolsonaro. Nota publicada no site da Veja.

A afinidade entre Bolsonaro e Joaquim Barbosa tem sido constante nos últimos tempos. O blog “Família Bolsonaro” só tem referências elogiosas ao presidente do STF. Durante o julgamento do “mensalão”, Barbosa fez uma menção relativamente positiva ao deputado Jair Bolsonaro, que motivou um post eufórico no blog:

Joaquim_Barbosa97_Bolsonaro

Para quem é o candidato dos sonhos do Partido Militar, não espanta nada que Barbosa seja o ídolo dos Bolsonaro:

Joaquim_Barbosa98_Bolsonaro

Joaquim_Barbosa99_Bolsonaro

***

Leia também:

O super-herói Joaquim Barbosa recebeu R$700 mil da Uerj sem trabalhar e quer retroativos

Miguel do Rosário: O mensalão de Joaquim Barbosa

O herói da mídia Joaquim Barbosa voa para ver o jogo do Brasil com dinheiro público

A Globo e Joaquim Barbosa são um caso indefensável de conflito de interesses

Joaquim Barbosa embolsou R$580 mil em auxílios atrasados

Joaquim Barbosa, quando quer, não domina a teoria do domínio do fato

De licença médica, Joaquim Barbosa bebe com amigos e emperra o STF

Nádegas de ouro: Reforma dos banheiros de Joaquim Barbosa custará R$90 mil

Reinaldo Azevedo: “A arrogância de Joaquim Barbosa é espantosa!”

O ético Joaquim Barbosa, o herói da mídia, usou passagens do STF quando estava de licença

Joaquim Barbosa ataca instituições democráticas do Brasil

STF paga viagem de jornalista de “O Globo”

Bater em mulher é covardia: Quando Joaquim Barbosa não era herói da mídia

***

Tags: , , , , ,

2 Respostas to “O laconismo da Uerj e a aliança entre Joaquim Barbosa e Jair Bolsonaro”

  1. FABIANO ARRUDA Says:

    mas uma vez surge alguem sem carater e sem moral para mentir e iludir alguns brasileiros ignorantes voce cidadão que escreveu esse artigo provavelmente e mais um petista ou homossessual revoltado e por isso mente a torto e a direita gente igual a voce que faz com que esse pais seja medilcre e cheio de parasitas.

    cadeia a todos voces petistas parasitas.
    jair bolsonaro presidente do brasil.

  2. O laconismo da Uerj e a aliança entre Joaquim Barbosa e Jair Bolsonaro | O LADO ESCURO DA LUA Says:

    […] O laconismo da Uerj e a aliança entre Joaquim Barbosa e Jair Bolsonaro […]

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: