Quem tem padrinho não morre pagão: As carreiras meteóricas das filhas de Fux e Mello

STF_Filhas_Mello_Fux

Madames Mello e Fux.

Via Brasil 247

Duas jovens advogadas, Marianna Fux, de 32 anos, e Letícia Mello, de 37, poderão se tornar desembargadoras muito em breve. Não apenas em função do mérito, mas também do sobrenome. A primeira é filha de Luiz Fux e a segunda de Marco Aurélio Mello, ambos ministros do Supremo Tribunal Federal.

Marianna tem apoio do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, que a considera “respeitada” e “brilhante”. Letícia foi também indicada para uma vaga no Tribunal Regional Federal do Rio de Janeiro. O salário é de R$25,3 mil, com direito a carro oficial e gabinete com assessores.

À Folha, o ministro Marco Aurélio defendeu as qualidades da filha. “Se ser novo apresenta algum defeito, o tempo corrige”, disse ele, que procurou desembargadores para tratar da indicação de Letícia. “É pecado [a indicação]? É justo que nossos filhos tenham de optar por uma vida de monge?”

Marianna tem um currículo relativamente modesto. Formou-se há dez anos pela Universidade Cândido Mendes, no Rio, fez um curso de extensão universitária de quatro meses na Fundação Getulio Vargas e atuou em apenas seis processos no TJ do Rio: um sobre extravio de bagagem, os demais sobre espólio e dano moral.

Nem ela, nem Letícia se pronunciaram sobre a reportagem que tratou de suas possíveis nomeações ao TRF.

Marco_Aurelio_Mello07_Filha

Tags: , , , , , ,

6 Respostas to “Quem tem padrinho não morre pagão: As carreiras meteóricas das filhas de Fux e Mello”

  1. Jésus Araújo Says:

    Severo Gomes Lima, esclareça-nos, por favor: que é o melhor da democracia, que está contido no regime chinês e falta a nós brasileiros? Estou certo de que nossos militares no poder sonharam aplicar essa sua fórmula; somente foram meio desastrado em entender o melhor da democracia, para aliá-lo à disciplina (que não tinha nada de socialismo – mero detalhe de exagero).

  2. Severo Cortez Lima Says:

    Nesta vergonhosa e infame conjuntura política, onde se sobressai a célebre frase de Rui Barbosa ” e chegará o dia em que o homem sentirá vergonha de ser honesto ou otário”, apesar de anarquista por convicção, passo a considerar como o mais adequado ao Brasil, o regime político chinês, que alia o melhor da democracia e a disciplina do socialismo.

  3. SUSCETÍVEL FEBRIL Says:

    […] Quem tem padrinho não morre pagão: As carreiras meteóricas das filhas de Fux e Mello […]

  4. Maria Thereza Says:

    Morro de inveja… É uma tradição. Os filhos “Mendonça de Barros” também foram brilhantes, quando o pai estava no governo FHC e criaram uma corretora, que logo ficou conhecida, com grande e poderosa clientela e ficaram milionários, entre outros rebentos talentosos. Deviam abrir um “cursinho” , para divulgar e fazer chegar aos mortais comuns, tão ampla competência e brilhantismo. Seria de grande importância para melhorar a qualidade da educação no país, pela qual tantos clamam. Até os coxinhas…

  5. Marcos Pinto Basto Says:

    São os numerosos casos como este que vão aumentando a raiva do Povo contra os desmandos de pseudo governantes.

  6. Maria Amélia Martins Branco Says:

    Simplesmente IMORAL.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: