O Brasil está de olho no Supremo

Joaquim_Barbosa69_Aecio

Os brasileiros precisam ter certeza de que o julgamento do “mensalão” foi justo.

Paulo Nogueira em seu Diário do Centro do Mundo

“O mundo está de olho no Brasil”, diz Joaquim Barbosa a Merval Pereira.

É uma conversa telefônica, informa Merval. JB está nos Estados Unidos para receber uma homenagem da moribunda Time e para dar uma palestra numa universidade. (Barbosa entrou numa lista da Time de pessoas influentes ao lado de luminares como Mário Balotelli, Christina Aguillera e Jay Z. Se a Time não acabar antes talvez até Merval entre um dia na lista, para suplício de Ali Kamel.)

“De olho no Brasil” significa, pelo que entendi, que o mundo está vigiando o País para que não se faça nada, no âmbito do direito internacional, em relação ao “mensalão”.

Ou ficaremos, aspas, desmoralizados. Pausa para uma gargalhada.

Ora, o que existe aí é uma completa inversão.

Na verdade, o Brasil está de olho no STF. A cada dia se acumulam mais e mais sinais de irregularidades no julgamento.

A cada momento os brasileiros conhecem melhor as deficiências colossais dos juízes do Supremo. Escrevi uma vez e repito: se existe um efeito colateral positivo para este circo jurídico, é que o Brasil teve a oportunidade de ver o baixo nível de sua corte mais alta.

Basta olhar Fux em sua relação com um advogado com um dos advogados mais procurados do Rio.

Parece que simplesmente não existe noção de ética no Judiciário brasileiro, um manual de conduta que aponte claramente o que se pode e o que não se pode fazer.

Está claro, absurdamente claro, que Fux não poderia julgar casos do escritório de seu amigo, mas ainda assim ele julgou.

E nada acontece. Alguma palavra de Barbosa sobre isso, como presidente do STF? Merval perguntou?

Barbosa, ele mesmo, não percebe que um juiz com seu cargo não pode ficar passando recados por um jornalista de uma casa tão enviesada ideologicamente? Fico pensando no que ocorreria aqui se o juiz Brian Leveson, chefe do comitê que apurou os excessos da mídia britânica, telefonasse para um colunista de Murdoch.

Bem, de volta ao julgamento.

Foi um acontecimento muito importante para que, alguns meses depois do veredito, com o surgimento de novas informações que mostram tantas fragilidades, não sejam revisadas as coisas.

Sabemos quem ficou feliz com o julgamento.

Mas quem ficou feliz com o julgamento sempre defendeu causas em que o “Zé do Povo”, para usar a icônica expressão de Irineu Marinho, terminou se estrepando.

 

Tags: , , ,

2 Respostas to “O Brasil está de olho no Supremo”

  1. Humberto Says:

    A história só mostra os fatos depois de muitos anos de ocorridos.
    Vamos esperar a poeira assentar, aí sim, veremos quem é quem. Veremos de lado está a verdade, só que aí quem foi injustiçado continuará sendo injustiçado e quem praticou injustiça pouco está ligando para isso.
    Lembram do caso Ibsen Pinheiro, ex-senador e ex- promotor pelo RS, e que foi enxovalhado por um jornalista, que não lembro o nome. Dez anos mais tarde, depois que acabou com a vida do cidadão, a consciência doeu e o ilustre jornalista pediu perdão ao Ibsen. Resolveu alguma coisa??? Fatos como esse o país está cheio, acontece todos os dias e todas as horas e em todos os lugares. E o MARCO REGULATÓRIO??? sai ou não sai????

  2. Maria Libia Says:

    Joaquim Barbosa foi recebido pelo vice-presidente dos EUA. Vejam o que está acontecendo na Venezuela, pronta para um golpe. Não duvido que PIG, STF e CIA façam o golpe no Brasil. os EUA não admite que a América Latina seja independente. Veremos o que vai acontecer até as eleições presidenciais.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: