O jovem velho que é a cara do PSDB

Ricardo_Salles02_Assessor

O jovem velho.

O novo assessor pessoal de Alckmin é, aos 37 anos, ideologicamente senil.

Paulo Nogueira em seu Diário do Centro do Mundo

O mundo é dominado, hoje, por uma crescente irritação com a assombrosa desigualdade social surgida nos últimos 30 anos. Reagan, de um lado do Atlântico, e Thatcher, do outro, comandaram políticas que se espalharam em escala planetária e levaram ao célebre 1% versus 99%.

Era uma situação insustentável, como sempre acontece nos extremos de iniquidade. E então as respostas começaram a aparecer.

Sarkozy foi chutado na França. Romney deixou de ganhar uma eleição fácil, dada a crise econômica norte-americana, por causa da indignação dos norte-americanos em relação aos privilégios que ele tem e defende abertamente. Protestos varrem as principais cidades do mundo.

Isto é o que se chama, enfim, Espírito do Tempo. Na célebre palavra alemã, Zeitgeist.

Feito este introito, então observemos o que se passa no PSDB. Como um partido que teve algum tipo de sensibilidade social se ajusta aos ventos que empurram o mundo para a frente?

A resposta é: Ricardo Salles.

Alckmin consegue, neste momento, fazer o exato oposto do que deveria, como um líder influente dentro do PSDB. Ele se junta a Serra e empurra com Salles, seu novo assessor particular, o PSDB rumo à direita selvagem da qual o universo está se despedindo com fanfarras. A humanidade repudia o que se plantou na década de 1980. O PSDB parece estar vivendo naqueles dias.

Salles é um jovem velho como uma daquelas senhoras de Santana. Defende, por exemplo, a ditadura militar. Ora, passado meio século do golpe militar, é fácil ver o que ele trouxe. A ditadura destruiu a educação pública, o maior fator de mobilidade social. Extirpou conquistas trabalhistas, como a estabilidade no emprego depois de dez anos, e ao mesmo tempo proibiu greves. Isso levou a uma brutal concentração de renda.

O Brasil sofreu, sob os militares, uma política econômica parecida com a que Reagan e Thatcher espalharam internacionalmente. O horror do legado de Reagan e Thatcher se estampou nos últimos anos. No Brasil, isso já ficara claro muito antes: o País se favelizou.

A ditadura defendeu os interesses de uma ínfima minoria – e os dos Estados Unidos, naturalmente. A CIA não participou ativamente da conspiração por amor incondicional a figuras como Carlos Lacerda, Roberto Marinho e Golbery.

E então, em pleno 2013, Alckmin se cerca de um secretário que é a negação do Zeitgeist.

E que por isso mesmo é um fracasso prematuro e irremediável: tentou em vão se eleger deputado estadual em 2010. Postou na campanha um vídeo com seu jingle no Youtube que arrebanhou, nestes anos todos, 951 exibições até esta amanhã.

É um número similar ao angariado habitualmente por Reinaldo Azevedo e amigos nos debates sobre o “mensalão” no canal da Veja no Youtube.

FHC deve estar muito ocupado com a namorada 50 anos mais nova para se dar conta do melancólico, funéreo curso dado ao PSDB. O PSDB, no qual votei a maior parte das vezes em minha vida adulta, não é mais um partido, mas uma morgue de homens e ideias.

Leia também:

Novo secretário particular de Alckmin lidera a ultradireita brasileira

Vanguarda popular: A direita sai do armário, com roupas de esquerda

Tags: , , , , , ,

4 Respostas to “O jovem velho que é a cara do PSDB”

  1. Marcos Pinto Basto Says:

    Se entrou na do Geraldo Alckmin, não é boa rolha ou está sofrendo da cabeça.

  2. acoplador Says:

    Reblogged this on " F I N I T U D E ".

  3. Clovis Pacheco Filho Says:

    Um jovem archaico, com CH, mesmo! Um jovem coroca!

  4. Rita Candeu Says:

    quem defende Ditadura Militar deveria ser preso em camisa de força forever – e zéfini

    quem coloca uma anta dessa em cargo público eu nem vou dizer o que merece

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: