Folha de S.Paulo: Jornalismo à moda de Al Capone

PrintLeandro Fortes, no Facebook e lido em O Esquerdopata

O que é mais incrível não é a Folha de S.Paulo mandar uma repórter “enviada especial” a Goiânia para cobrir o casamento de um mafioso com uma mulher indiciada por chantagear um juiz federal para tirá-lo da prisão, e sequer citar esse fato.

Carlinhos Cachoeira, vocês sabem, tem trânsito livre na imprensa brasileira.

Dava ordens na redação da Veja, em Brasília, e sua turma de arapongas abastecia boa parte das demais coirmãs da mídia na capital federal.

Andressa, a noiva, foi indiciada por corrupção ativa pela Polícia Federal por ter tentado chantagear o juiz Alderico Rocha Santos.

Ela ameaçou o juiz, responsável pela condução da Operação Monte Carlo, com a publicação de um dossiê contra ele. O autor do dossiê, segundo a própria? Policarpo Jr., diretor da Veja em Brasília.

Mas nada disso foi sequer perguntado aos pombinhos. Para que incomodar o casal com essas firulas, depois de um ano tão estressante?

O destaque da notícia foi o mafioso se postar de quatro e beijar os pés da noiva, duas vezes, a pedido dos fotógrafos.

No final, contudo, descobre-se a razão de tanto interesse da mídia neste sinistro matrimônio no seio do crime organizado nacional.

Assim, nos informa a Folha:

“Durante o casamento, o noivo recusou-se a falar sobre munição que afirma ter contra o PT: ‘Nada de política. Hoje, só falo de casamento. De política, só com orientação de meus advogados’.”

É um gentleman, esse Cachoeira.

Tags: , , , , , , , ,

Uma resposta to “Folha de S.Paulo: Jornalismo à moda de Al Capone”

  1. Marcos Pinto Basto Says:

    Ponham gentleman nele! Com todos os crimes que cometeu por ter as costas quentes, Carlinhos Cachoeira não passa dum laranja na mão dos espertalhões que o usam até hoje para se esquivarem das roubalheiras que fizeram e ainda continuam fazendo.
    Prenderam-no para o intimidar depois que descobriram estar lidando com um homem precavido e esperto. Não o vão prender mais porque custa uma fortuna intimidá-lo e depois correm o risco da casa cair quando menos esperam, mas podem ter a certeza, ele vai chutar o pau da barraca no momento certo!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: