José Serra sobre ProUni: “Cada bolsa é um gasto e diminui receitas do governo.”

Via Os amigos do presidente Lula

O candidato José Serra teve uma recaída neoliberal ao dar entrevista ao jornal Folha de S.Paulo. Perguntado sobre o ProUni, criado por seu oponente Fernando Haddad, quando estava no Ministério da Educação, José Serra desdenhou, querendo reduzir a importância do programa. Ele afirmou:

“É um programa de bolsas, nada mais. Não sou contra, mas está longe de ser uma inovação. Em São Paulo já tinha isso. Eles apenas fizeram algo mais massivo e com desconto de impostos. Cada bolsa é um gasto. Diminui receitas do governo.”

O tucano está errado: cada bolsa é um investimento. Além do aspecto social, que já proporcionou curso superior a mais de 1 milhão de jovens brasileiros de renda mais baixa, há também o investimento no que os economistas chamam de capital humano, que toda nação que ser desenvolvida precisa formar.

E o programa não diminui receitas do governo. Ele converte a receita de impostos que as faculdades privadas têm de pagar em mais educação. Com isso, conseguiu aproveitar vagas ociosas que estavam disponíveis nas faculdades privadas, preenchendo-as com alunos bolsistas a um custo muito baixo para o governo. Em paralelo, a rede de universidades públicas federais foi ampliada.

Enquanto Serra ladra, o ProUni continua colocando jovens brasileiros de baixa renda na universidade.

Tags: , , , , , ,

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: