Não vai dar no PIG: Processo eleitoral na Venezuela é o melhor do mundo, diz Carter

Via Vermelho

O ex-presidente norte-americano, Jimmy Carter, disse que, após monitorar mais de 90 eleições em diversos países, pode afirmar que “o processo eleitoral na Venezuela é o melhor do mundo”.

O político elogiou a Venezuela por contar com um sistema automatizado de votação que também lança um boleto e facilita a verificação dos resultados, refere uma matéria publicada no site Global Atlanta.

Desde 2008, a plataforma eleitoral venezuelana funciona de maneira automatizada em sua totalidade, é dizer, cada um dos processos, desde a inscrição no Registro Eleitoral até a contagem dos votos, é auditável.

Em 2006, quando o mandatário Hugo Chavez ganhou pela segunda vez as eleições presidenciais, Carter declarou que o líder venezuelano havia triunfado “limpamente e com imparcialidade”.

Corrupção nos Estados Unidos

O democrata realçou que, enquanto os sistemas eleitorais na América Latina melhoraram significativamente, nos Estados Unidos se consolidou uma “corrupção financeira” vinculada aos processos eleitorais, alimentada pelas “resoluções que facilitaram o fluxo de dinheiro provado para os cofres dos candidatos”.

O ex-presidente (1977–1981) liderou a petição para a Corte Suprema dos Estados Unidos para anular a medida tomada em 2010, que declara inconstitucional a regulação por parte do governo das “doações” anônimas para organizações políticas. “Temos um dos piores processos eleitorais do mundo e deve-se praticamente para a excessiva entrada de dinheiro”, sentenciou.

No caso venezuelano, a lei de partidos políticos, reuniões públicas e manifestações ditas como obrigação das organizações políticas “não aceitar doações ou subsídios das entidades públicas, tenham ou não o caráter autônomo; das empresas estrangeiras ou com sede no estrangeiro; de empresas concessionárias de obras públicas ou de qualquer serviço de bens propriedade do Estado; de estados estrangeiros e organizações políticas estrangeiras”.

***

Resultado da eleição na Venezeula interessa a toda a América Latina

Venezuela escolherá seu futuro presidente no próximo dia 7 de outubro.

Os resultados das eleições presidenciais na Venezuela, que ocorrem no próximo 7 de outubro, dizem respeito a toda América Latina e decidirão o avanço emancipador no continente, afirmou, na terça-feira, dia 18, o jornalista argentino Carlos Aznarez.

O diretor do jornal alternativo Resumen Latinoamericano ressaltou que para a América Latina é fundamental o triunfo de Hugo Chavez nas eleições, porque seu governo está impulsionando, como nunca antes, a integração regional.

À Agência Venezuelana de Notícias (AVN), Aznarez explicou que Chavez “iniciou um discurso no qual inclui todos os países latino-americanos e ajudou muitíssimo na integração”.

Como exemplo, o analista lembrou a criação da União das Nações Sul Americanas (Unasul) e da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac).

Para Aznarez, na América Latina a “liderança de Chavez é imprescindível”, já que permite o questionamento de organismos da região “que estavam, e alguns deles ainda persistem, aliados ao império”.

Ele ressaltou ainda que um dos principais desafios que Chavez terá em seu próximo governo é “aprofundar o processo revolucionário, como o próprio Hugo Chavez disse”.

Aznarez destacou a necessidade de seguir avançando rumo ao socialismo e enfrentar “dois inimigos sinistros de todos os processos revolucionários, que são a burocracia e a corrupção. Ninguém duvida que Chavez esteja decidido a terminar com isso”, assegurou.

Por fim, Aznarez destacou que na Argentina a candidatura de Chavez “tem um bom eco nos setores populares argentinos e na classe média também” e assegurou que, se pudesse, o povo argentino votaria em Chavez.

Tags: , , , , , ,

2 Respostas to “Não vai dar no PIG: Processo eleitoral na Venezuela é o melhor do mundo, diz Carter”

  1. Mesmo sofrendo ataques da mídia golpista, Chavez é reeleito na Venezuela « novobloglimpinhoecheiroso Says:

    […] Processo eleitoral na Venezuela é o melhor do mundo, diz Carter […]

  2. Walter León Says:

    Hay en LA una escases de lideres carismaticos del porte de chavez,que acertadamente adota el padron comportamental de su mentor político(Simon Bolivar) en favor de la unidad latinoamericana contra el sevilismo colonial del capitalismo neoliberal

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: