Juiz acusa: Veja fez dossiê para soltar Cachoeira

Chantagem que motivou a prisão de Andressa Mendonça seria dossiê produzido pelo chefe de Veja em Brasília, Policarpo Jr., a pedido do bicheiro Carlos Cachoeira. Veja nega e anuncia que tomará providências judiciais contra o magistrado Alderico Rocha Santos.

Via Brasil 247

Cachoeira_Dossie

Esposa de Carlos Cachoeira, Andressa Mendonça, que foi detida na segunda-feira, dia 30, pela Polícia Federal, em Goiânia, e solta no início da tarde, terá três dias para pagar uma fiança de R$100 mil. Caso contrário, sua prisão preventiva será decretada. O motivo é uma suposta tentativa de chantagem contra o juiz Alderico Rocha Santos, responsável pelo caso.

O objeto da chantagem, segundo relata o juiz, é surpreendente. Santos relatou ao portal G1 que o jornalista Policarpo Jr., chefe da revista Veja em Brasília, produziu um dossiê a seu respeito, a pedido do bicheiro. E que este relatório seria publicado em Veja, caso Cachoeira não fosse libertado. Eis o que Andressa teria dito:

“Doutor, tenho algo muito bom para o senhor. O senhor conhece Policarpo Jr.? O Carlos contratou o Policarpo para fazer um dossiê contra o senhor. Se o senhor soltar o Carlos, não vamos soltar o dossiê.”

Em nota, a revista Veja se posicionou contra a acusação “absurda” contra seu editor e disse tomará providências judiciais contra seus caluniadores.

De todo modo, a parceria editorial entre Cachoeira e Policarpo vem de longa data e produziu várias reportagens. Há um grampo, por exemplo, em que ambos tratam da demissão do ministro Alfredo Nascimento, dos Transportes.

Andressa tem três dias para pagar fiança de R$100 mil

Mulher de Carlinhos Cachoeira fica proibida de visitar marido na penitenciária da Papuda. PF investiga possível tentativa de chantagem sobre juiz Alderico Rocha. A pena pode variar de 2 a 12 anos de prisão. A musa da CPI já se dá mal.

O jogo virou contra a musa da CPI, Andressa Mendonça, mulher do contraventor Carlinhos Cachoeira. Após ter a casa onde vive ocupada na manhã de segunda-feira, dia 30, por uma operação de busca e apreensão da Polícia, ela terá três dias para pagar R$100 mil após ter sido presa na delegacia da PF, em Goiânia, onde foi detida para esclarecimentos.

Ela é suspeita de ter tentado chantagear o juiz federal Alberico Rocha, com o sentido de obter decisão favorável à libertação do companheiro. Ele está preso na penitenciária da Papuda, em Brasília. Em entrevista coletiva no final da manhã, o delegado Sandro Paes Sandre, da PF em Goiás, informou que ela está proibida de visitar seu marido.

“Caso essas medidas não sejam atendidas, Andressa terá a prisão preventiva decretada e ficará presa na PF”, afirma o delegado. O pagamento da fiança no valor de R$100 mil, segundo Sandre, deve ser feito imediatamente. O valor deverá ir para a conta do juiz e ficar anexado ao inquérito. “Se for comprovada a oferta, ela pode pegar de 2 a 12 anos de reclusão pelo crime de corrupção ativa e ficará presa na PF”, esclarece o delegado.

Andressa teria enviado um bilhete ameaçador ao juiz Alderico Rocha Santos, oportunidade em que sugeriu que estaria de posse de um dossiê contra ele que seria publicado caso não relaxasse a prisão de Carlinhos Cachoeira. A musa teria, inclusive, escrito o nome de três amigos do magistrado que, supostamente, fariam parte em algum ato ilícito. Na residência dela, a PF recolheu computador, tablet e papéis com mensagens escritas à mão para confrontar as caligrafias disponíveis. Andressa foi liberada hoje pouco depois das 12h, após um depoimento de 20 minutos na sede da PF em Goiânia.

O juiz Alderico Rocha Santos, da 11ª Vara da Justiça Federal de Goiânia, foi quem conduziu a audiência, na semana passada, do processo referente à Operação Monte Carlo. O contraventor e mais sete são réus na ação penal. Todos ficaram em silêncio na audiência. Em entrevista ao portal G1, Santos afirmou que Andressa o chantageou, pedindo a soltura do marido em troca da não publicação de um dossiê contra ele em uma revista semanal de circulação nacional.

Tags: , , , , , , , ,

2 Respostas to “Juiz acusa: Veja fez dossiê para soltar Cachoeira”

  1. Mulher de Cachoeira diz a juiz que Policarpo Jr. é empregado do marido « Blog do murilopohl Says:

    […] Juiz acusa: Veja fez dossiê para soltar Cachoeira Compartilhar isto:TwitterMaisEmailImprimirFacebookDiggStumbleUponRedditLinkedInGostar disso:GosteiSeja o primeiro a gostar disso. […]

  2. Mulher de Cachoeira diz a juiz que Policarpo Jr. é empregado do marido « novobloglimpinhoecheiroso Says:

    […] Juiz acusa: Veja fez dossiê para soltar Cachoeira Compartilhe: […]

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: