Altamiro Borges: Veja decreta a prisão de Dirceu

Altamiro Borges em seu blog

A revista Veja desta semana é a expressão do que há de pior no jornalismo brasileiro. A capa é terrorista. Num fundo preto, uma foto negativa do ex-ministro José Dirceu e o título garrafal: “Réu”. Na reportagem interna, apenas especulações maldosas. Nada de fatos, apenas fofocas. Tudo montado para pressionar pela condenação do líder petista e dos outros 37 acusados de envolvimento no chamado “mensalão do PT”, que serão julgados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a partir da próxima quinta-feira, dia 2.

A revista não esconde seu ódio a José Dirceu e prega abertamente a sua condenação, antecipando-se a decisão do Supremo. Afirma, sem citar as fontes, que o ex-ministro teria três planos diante do desfecho do julgamento. Caso seja absolvido, “recuperar o comando do PT e voltar a disputar eleições”; caso receba uma pena branda, “ganhar muito dinheiro” com consultorias; e caso seja condenado à cadeia, como torce a revista, “fugir do Brasil”. Só faltou a Veja pedir a sua prisão sumária para evitar a suposta fuga!

Julgamento das forças de esquerda

A “reporcagem”, assinada por Otávio Cabral, também não deixa dúvidas sobre as reais intenções políticas da revista. Seu objetivo é condenar José Dirceu para atingir as esquerdas no País. “Dirceu é o personagem central do processo. Ao seu destino, estão amarrados a sorte dos demais mensaleiros, o futuro do PT e a imagem com que o governo Lula entrará para a história. O veredito sobre o homem apontado pelo Ministério Público como o ‘chefe da quadrilha’ do mensalão fechará uma triste página da história do Brasil”.

Em seu ódio às forças de esquerda, a revista chega a insinuar que o líder petista foi um agente infiltrado nos tempos da ditadura e que despertou “desconfiança dos próprios camaradas exilados em Havana”. Afirma que 25 dos 28 integrantes da “organização terrorista” Movimento de Libertação Popular (Molipo) que retornaram ao Brasil foram mortos e presos. “Dirceu escapou. Sua sorte levantou suspeitas”. Pelo jeito, a Veja lamenta que ele não tenha sido assassinado pelos carrascos da ditadura. Agora, torce por sua prisão!

Tags: , , , , ,

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: