Recordar é viver: Aécio Neves agride namorada em festa de luxo

Aecio_Devasso02A moça recebeu a pancada, caiu, revidou e depois cada um foi para um lado, dizem testemunhas. Maria da Penha nele!

Com informações do Brasil em Foco, de 4/11/2009

Uma das testemunhas oculares da agressão perpetrada pelo governador Aécio Neves no domingo, 25 de outubro [de 2009], em meio a uma festa promovida pelo estilista Francisco Costa, da Calvin Klein, no Hotel Fasano, do Rio de Janeiro, descreveu a cena da seguinte forma:

“Visivelmente alterado, ele deu um tapa na moça que o acompanhava – namorada dele há algum tempo. Ela caiu no chão, levantou e revidou a agressão. A plateia era grande e alguns chegaram a separar o casal para apartar a briga. O clima, claro, ficou muito pesado.”

Imagine o leitor que essa testemunha ocular é a colunista social Joyce Pascowitch, que, de repente, sem que desejasse tal metamorfose, passou de cronista de grã-finos a repórter policial. A nota de Joyce Pascowitch, intitulada “Nelson Rodrigues”, em referência ao teatrólogo que pregava que “mulher gosta de apanhar” foi publicada em sua coluna Glamurama, de 26/10/2009.

A colunista social não revelou o nome do agressor. Disse que era “um dos convidados mais importantes e famosos da festa que o estilista Francisco Costa, da Calvin Klein, deu na piscina do hotel Fasano, no Rio, nesse domingo”. Porém, pelo encadeamento das notas sobre a festa, em seu blog, fosse mais ou menos claro quem era o sujeito.

Em 1º de novembro de 2009, Juca Kfouri, em seu blog com o texto intitulado Covardia de Aécio Neves, foi direto:

“Aécio Neves, o governador tucano de Minas Gerais, que luta para ter o jogo inaugural da Copa do Mundo de 2014, em Belo Horizonte, deu um empurrão e um tapa em sua acompanhante no domingo passado, numa festa da Calvin Klein, no Hotel Fasano, no Rio. Depois do incidente, segundo diversas testemunhas, cada um foi para um lado, diante do constrangimento geral.”

Depois de pregar que “a imprensa brasileira não pode repetir com nenhum candidato à Presidência da República a cortina de silêncio que cercou Fernando Collor [e o Fernando Henrique?], embora seus hábitos fossem conhecidos”, Kfouri fez a seguinte anotação: “[…] o blog recebeu nota da assessoria de imprensa do governo mineiro desmentindo a informação e a considerando caluniosa. O blog a mantém inalterada.”

A agredida foi Letícia Weber, uma modelo de 24 anos. Não conhecemos a moça, mas, em que pese andar com um debiloide como Aécio, parece ser dotada de muitas virtudes. Bater em mulher já não dignifica a carreira do sujeito. Bater em certas mulheres, então, parece coisa de quem não gosta de mulher.

Não, leitor, não é isso que você pensou. A questão é que Serra, Aécio, Fernando Henrique, esse tipo de gente, não é capaz de amar ninguém. São todos uns narcisistas doentios. Byron disse uma vez que quem não ama a sua pátria, não ama coisa alguma. Com os tucanos da cúpula, o caminho é inverso: eles não amam a pátria porque não amam ninguém. Um, já presidente da República, tratava a mulher nos papos com um proxeneta, como “megera”. Outro, governador do segundo ou terceiro Estado do País, senta a mão na namorada, a ponto de ela cair no chão, no meio de uma festa, sem se importar com a seleta assistência ou sem conseguir se conter mesmo diante de tal público. Serra, o que passa álcool nas mãos depois de cumprimentar alguém do povo, até agora, que se saiba, não bateu na mulher. Apenas, segundo seu ex-amigo Flávio Bierrenbach, agora ministro aposentado do Superior Tribunal Militar, “Serra entrou pobre na Secretaria de Planejamento do governo Montoro e saiu rico. Ele usa o poder de forma cruel, corrupta e prepotente. Poucos o conhecem. Engana muita gente. Prejudicou a muitos de seus companheiros. Uma ambição sem limite. Uma sede de poder sem nenhum freio”.

Não por coincidência, são os mesmos que liquidaram o patrimônio brasileiro, devastaram a economia nacional e infelicitaram milhões de pessoas. Todos eles, aliás, sempre pregaram que sua vida pública é tão imaculada quanto sua vida privada, apesar de uma nada ter a ver com a outra. Caifás, o sumo sacerdote dos fariseus, era um São Francisco perto dessa espécie de gente.

O fato que hoje comentamos certamente só teria a importância que leva a um boletim de ocorrência na delegacia e a fazer o agressor sentar no banco dos réus se o indigitado não fosse governador de Minas e pré-candidato a presidente do PSDB. E se não fosse o abafamento completo do fato pela mídia, com as duas exceções que registramos – e apenas em seus blogs.

Obviamente, eles nunca vão ver Lula praticando um ato semelhante. Isso é negócio de janotas transviados, desses que abundam no PSDB. Mas, só para raciocinar, imaginemos que isso acontecesse com alguém do governo ou um apoiador do governo. Há alguma dúvida sobre o carnaval que iria ser aprontado ao redor do fato?

Não é uma surpresa que a mídia serrista também haja aderido ao abafamento. Eles sabem que o cachação de Aécio na namorada não é um problema só para Aécio. Afinal, ele está muito bem acolhido dentro do PSDB – não há nada em Aécio que destoe do conjunto da cúpula tucana.

Leia também:

Aécio Neves é flagrado completamente bêbado

MPF: Aécio utilizou recursos ilegais também na campanha para senador

E aí Aécio? CVM investiga sumiço de R$3,5 bilhões no balanço da Copasa

Ocultação de patrimônio: “Laranja” complica Aécio Neves e sua irmã Andréa

Áecio Neves é denunciado por ocultar patrimônio e sonegar imposto

Aécio Neves fala muito, mas a realidade é outra

Dois anos depois de criado, PSDB Sindical de Aécio não decola

Aécio tem 110 razões para ter cautela com o “mensalão”

Tags: , , , ,

12 Respostas to “Recordar é viver: Aécio Neves agride namorada em festa de luxo”

  1. Marcos Pinto Basto Says:

    Aécio Neves, Imperador de Minas Gerais, amante duns Whiskies geladinhos para molhar a garganta ressecada por algum pó mais vagabundo, excede-se com frequência. Abusa do fígado e desgraça sua saúde porque nada em dinheiro, podendo pagar uma boa clínica que o recupera rápido.
    Só que esquece o nome que carrega e emporcalha-o com a vida libertina que leva. É senador da república! Como pode?! E faz contas de cabeça para chegar ao Planalto, como um menino pequeno que aprendeu a contar os degraus da escada do prédio onde mora que não tem elevador. Só ainda não lhe contaram que quem faz chichi na cama não pode dormir no Palácio do Planalto!
    Brasília está cheia de macacos de imitação e logo muita gente metida a importante passaria a imitar o nosso jovem endiabrado! Seria uma catástrofe todo o mundo mijando na cama e curando as ressacas durante o dia!

  2. Rita Candeu Guarani Kaiowá Says:

    heheheh

    boa
    recordar é reviver bons momentos que nunca poderão ser esquecidos

  3. Maria Amélia Martins Branco Says:

    Ele não gosta de mulher, do que ele gosta mesmo é de um grande falo. Veja a matéria. Ele é citado na matéria sobre a paixão do Gov. Mineiro, Anastasia.

    http://www.novojornal.com/politica/noticia/psdb-apaga-da-midia-a-existencia-de-liderancas-partidarias-gays-28-01-2013.html

  4. Maria Amélia Martins Branco Says:

    Corrigindo: como a grande paixão…

  5. Bita Says:

    Pra cantar no carnaval
    https://soundcloud.com/rodrigo-picol/monarquia-gerais-a-hist-ria-de

  6. Jose Silva Says:

    A grande obra do Aécio em MG foi deixar o estado quase falido, sucateou a saúde , educação e segurança.Amordaçou a imprensa conivente a custa dos contratos da publicidade oficial. Usurpou a mortalha do avô o que lhe deu lastro político de “p” mas não se enganem, ele é o boyzinho do Leblon, indicou o Anastasia Laranja que é o simples fantoche nas mão do espancador de mulher!

  7. Marcos Pinto Basto Says:

    O cara não gosta de mulheres! É um besta mesmo!

  8. Deborah Says:

    A dita cuja está novamente com ele…. Será que ele realmente é culpado sozinho? Já diz o ditado: Briga de marido e mulher quem entra com colher sobra…

  9. Recordar é viver: Aécio Neves agride namorada em festa de luxo | florencio1 Says:

    […] Recordar é viver: Aécio Neves agride namorada em festa de luxo. […]

  10. Pedro Says:

    Ixi tive em BH e não ouvir nenhum bom comentário do povo sobre este coisa.

  11. Carlos Alberto Valadares Says:

    Não votar na DILMA eu entendo, agora, votar no AÉCIO, isso eu não consigo entender.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.466 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: